Educação

Enem 2019: como o seu filho pode ser bem sucedido no exame?

setembro 11, 2019
Tempo de leitura 6 min

Enem 2019: como o seu filho pode ser bem sucedido no exame?

O Enem 2019 está se aproximando, e é importante criar estratégias para aumentar a qualidade do estudo realizado e conseguir os resultados esperados no exame. Nesse contexto, o apoio dos pais é importante para dar as condições necessárias de preparação para os filhos.

O planejamento é fundamental para guiar os estudos e traçar objetivos. Afinal, essa é uma prova que pode dar acesso a universidades renomadas, o que costumar trazer pressão e insegurança para os estudantes.

Neste artigo, daremos algumas dicas para que o estudo do seu(sua) filho(a) seja potencializado, visando melhores resultados na prova deste ano. Confira!

Entenda o que é o Enem e como ele funciona

Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado como objetivo de avaliar a qualidade do ensino médio no Brasil. Com o passar do tempo, o resultado se tornou um caminho para chegar ao ensino superior em universidades públicas brasileiras.

As provas do Enem são compostas por 180 questões, mais a redação. Esse número de questões é dividido entre as quatro áreas principais de conhecimento, sendo 45 para cada. Confira quais são elas:

  • Ciências Humanas e suas tecnologias;
  • Matemática e suas tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas tecnologias.

Uma das características diferenciais do Enem é a multidisciplinaridade. As questões englobam mais de uma disciplina ou um contexto socioeconômico. Dessa maneira, os estudantes precisam estar preparados de forma completa, não dando importância apenas para as matérias em que se destacam.

Veja dicas de como potencializar os estudos para o Enem 2019

Alguns princípios de estudo podem ser seguidos e ajudar na melhor compreensão dos conteúdos. Na sequência, daremos dicas para que você consiga ajudar seu(sua) filho(a) nesse período importante.

Definir o melhor método de estudo

Descobrir qual método de estudo funciona melhor para o seu(sua) filho(a) é importante para aumentar o desempenho e conseguir resultados mais significativos. Alguns pontos devem ser considerados:

  • estudar sozinho ou em grupo;
  • intercalar matérias ou se dedicar em uma por dia;
  • preparar ou não resumos;
  • estudar muitas horas seguidas ou fazer vários intervalos menores;
  • realizar mapas mentais ou grifar os conteúdos mais importantes.

Não existe um modelo certo de estudo. O fundamental é descobrir qual funciona melhor com cada pessoa. Se o(a) estudante ainda não sabe qual é o mais indicado, deve fazer testes e ver qual se encaixa mais com sua personalidade.

Criar um cronograma

A criação de um cronograma de estudos é essencial para que nada importante fique para trás. É necessário conciliar as atividades do cotidiano com a relação extensa de conteúdos, fazendo um planejamento realista do que deve ser estudado em cada dia.

Não adianta estabelecer um cronograma de dez horas de estudo por dia se ele não for possível de ser cumprido. A análise deve considerar os momentos de lazer, eventos sociais e demais responsabilidades que fazem parte da rotina do(a) estudante.

Depois de estabelecido, é bom colocar o cronograma em um local de fácil visualização e buscar sempre cumprir o que foi planejado. Ele deve conter as matérias necessárias, o acompanhamento das atualidades e tempo para praticar a redação.

Resolver provas de anos anteriores

A resolução de provas de anos anteriores também é um bom modo de preparação para o Enem. Cada prova tem suas características peculiares, portanto conhecê-las dá vantagem para quem está se preparando.

Dessa maneira, o(a) aluno(a) se acostuma à linguagem da prova, vendo como os conteúdos são abordados e o tempo que demora em cada questão. Além disso, é uma maneira de descobrir quais matérias trazem mais dificuldade, podendo dar uma atenção especial para elas.

Permitir momentos de descanso

O bem-estar também é importante nessa fase, por isso é essencial separar momentos de descanso. Os intervalos ajudam a descansar a mente e retomar os níveis de concentração, além de evitar que o estudo se torne enfadonho.

Por mais que o conteúdo seja extenso e muitas horas de estudo sejam necessárias, o esgotamento mental não é uma opção inteligente. Além de deixar o(a) estudante cansado(a), diminui a eficiência do aprendizado e baixa a produtividade do estudo.

Manter uma alimentação saudável

Uma dieta equilibrada ajuda a manter o nível de concentração e contribui para a saúde. A família é importante para oferecer essa alimentação aos filhos e deve incentivar que os horários das refeições sejam respeitados.

Os intervalos também podem ser preenchidos com a alimentação saudável, como o consumo de uma fruta ou suco. As energias são recarregadas, e o cansaço é combatido por meio de uma boa dieta, contribuindo para a otimização dos horários de estudo.

Contar com o apoio emocional dos pais

Como falado na introdução, o Enem é um momento de muita pressão para os estudantes. A ansiedade e o medo de falhar são comuns, sendo importante a presença dos pais para amenizar esses sentimentos.

Portanto, demonstre que você entende o momento pelo qual seu(sua) filho(a) está passando. Coloque-se à disposição caso ele(a) precise conversar sobre os estudos, dúvidas quanto ao futuro ou qualquer outro tema que seja necessário.

Escolha uma escola focada na preparação para o Enem

Uma boa instituição contribuirá bastante na preparação do seu(sua) filho(a) para o exame. Os professores precisam ser comprometidos e preparados, apresentando os conteúdos de forma didática e atraente.

Além do corpo docente, é importante avaliar o material didático utilizado. Ele deve ser atualizado, conter exercícios para resolução e exemplos práticos. Uma parte considerável desse material será usada durante os estudos individuais, por isso precisa ser de qualidade e atrativa para os adolescentes.

Igualmente importante é verificar se a escola é uma influência positiva na vida dos alunos motivando o estudo e contribuindo no oferecimento de técnicas novas. Do contrário, a pressão excessiva pode afastá-los e surtir efeito contrário.

Essas são algumas dicas de preparação para o Enem 2019. Como vimos, os pais são fundamentais no apoio aos filhos e devem ajudar no que for necessário para melhorar o desempenho. Além disso, a escolha da escola deve considerar o foco que a instituição dá à preparação para o exame, que hoje é porta de entrada para as maiores universidades do Brasil. 

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para entrar em contato conosco e conhecer um pouco mais sobre os métodos de ensino do Colégio Academia!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário