Afinal, qual é a diferença entre a faculdade pública e a particular?

Quem está passando pela fase de escolhas para o futuro precisa pensar em seu perfil, entender a atuação da profissão desejada, avaliar as disciplinas da graduação e decidir entre curso técnico e tecnólogo, por exemplo. Nessa etapa, ainda existe uma dúvida frequente, que não pode ficar para trás: a diferença entre faculdade pública e particular.

Muitas pessoas ingressam no ensino superior sem entender direito essa questão. Sem esse entendimento, elas podem deixar de lado uma opção mais adequada à sua realidade e às suas pretensões para o futuro. Portanto, ao escolher uma faculdade em Juiz de Fora, é importante entender bem as características de cada tipo de instituição.

Contudo, elas não se resumem à existência das mensalidades na faculdade particular. Essa é, na verdade, uma entre várias características. Como estamos falando de um ponto comum entre os estudantes, decidimos reunir respostas para as dúvidas mais frequentes sobre a diferença entre faculdade pública e particular. Acompanhe a leitura!

Como funciona o processo seletivo?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) unifica a entrega em praticamente todas as faculdades públicas e particulares do país. Em ambos os casos, o candidato precisa ter participado do exame do ano anterior para entrar no processo seletivo e concorrer a uma vaga no curso almejado.

A regra é que a nota do ENEM tem validade de um ano para o ingresso no ensino público e privado. Entretanto, muitas instituições particulares validam por, no máximo, dois anos.

No entanto, muitas faculdades públicas e particulares oferecem os seus próprios vestibulares. Nesse caso, a nota do ENEM deixa de ser um critério para ingresso no ensino superior, e o que conta é o resultado obtido no processo seletivo da unidade de ensino superior.

O processo seletivo das faculdades costuma se basear em um ou dois dias de provas, com questões de múltipla escolha e uma redação.

Uma grande diferença da faculdade particular é que o ingresso do aluno ocorre de diferentes maneiras. Além da tradicional (processo seletivo), o candidato pode, por meio da nota do ENEM, conseguir uma bolsa de estudo pelo ProUni (Programa Universidade para Todos) ou o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), caso atenda aos requisitos.

Quais são os requisitos necessários para ingressar?

Para ingressar na faculdade pública ou particular, é preciso ter concluído o Ensino Médio. No entanto, os candidatos podem realizar as provas de vestibular ainda cursando o último ano.

Ter pelo menos 18 anos não é um dos requisitos para ingresso no ensino superior. Se você completou o Ensino Básico e Médio antes dos 18 anos, tem o direito de ingressar no Ensino Superior sem problemas, mediante a sua aprovação no processo seletivo.

Quando acontece o vestibular?

As provas de vestibular normalmente acontecem nos últimos meses do ano, mas existem faculdades públicas e privadas que também realizam o “vestibular de inverno”. Esse processo seletivo acontece no meio do ano (entre os meses de junho, julho e agosto), classificando candidatos para ingresso no segundo semestre do ano letivo.

O ENEM acontece entre os meses de setembro e novembro (em 2020, devido à pandemia do novo coronavírus, o exame ficou para os meses de janeiro e fevereiro de 2021).

Como é a infraestrutura?

As diferenças que envolvem infraestrutura costumam variar de uma instituição para outra. Mas, no geral, as faculdades particulares investem muito mais na estrutura oferecida aos alunos. Isso inclui salas de aula, bibliotecas e laboratório confortáveis, ferramentas modernas e prédios com melhor preparo a fim de acomodar as pessoas.

Existe diferença entre faculdade pública e particular na qualidade do ensino?

A qualidade do ensino superior também varia entre as instituições. Muitas faculdades públicas ocupam os primeiros lugares de ranking do país, mas isso não significa que as faculdades particulares são inferiores.

Nas faculdades particulares, a maior exigência em relação aos professores assegura que o corpo docente tenha um maior nível de comprometimento com os alunos. Além disso, o investimento em tecnologias de ponta favorece a melhora contínua do ensino oferecido, até como forma de retorno ao pagamento das mensalidades.

Quem entra em uma faculdade particular conta com uma grade curricular bem organizada e a certeza de que se formará dentro do período previsto. Essa garantia permite ao estudante ter a tranquilidade para organizar seu cronograma de estudos e planejar o futuro.

A não ser que haja a reprovação em alguma disciplina, o aluno não corre o risco de atrasar o curso por causa da instituição. A mesma condição não existe na faculdade pública, onde os estudantes precisam frequentemente interromper (por meses) o andamento das disciplinas devido a greves.

Como é a concorrência?

A gama de opções de ingresso no ensino privado garante que as faculdades particulares ofereçam um número maior de vagas aos alunos, até nos cursos mais concorridos do país. Esse fator permite uma baixa concorrência nos processos seletivos, o que não acontece nas faculdades públicas, as quais contam com quantidade reduzida e poucas formas de ingresso (quando não aceitam estudantes apenas pelo ENEM).

Quais são as vantagens de estudar no UniAcademia?

Para quem deseja aproveitar todas as vantagens de um ensino particular (formatura no tempo previsto, comprometimento do corpo docente, ferramentas e ambientes modernos, baixa concorrência e várias formas de ingresso), o UniAcademia é uma ótima maneira de construir seu futuro:

  • cursos de graduação presencial e semipresencial;
  • professores especialistas que compõem o corpo docente;
  • cursos de graduação reconhecidos pelo MEC por sua excelência acadêmica;
  • formação humana e atualizada, sem deixar a qualidade do ensino de lado;
  • espaços virtuais, laboratórios e tecnologias que favorecem a qualidade das aulas;
  • oportunidade de bolsas e financiamentos — ProUni, FIES, descontos, crédito estudantil e convênios.

Não existe uma única diferença entre faculdade pública e particular. Vimos até aqui que infraestrutura, concorrência, suporte ao aluno, entre outras questões, devem pesar na escolha de onde você vai estudar. O UniAcademia é a saída para quem procura corpo docente de qualidade, infraestrutura diferenciada, investimento em tecnologias e possibilidade de bolsa de estudos, tudo em um lugar só!

Para acompanhar mais dicas sobre faculdade, carreira e organização dos estudos, siga o UniAcademia nas redes sociais: LinkedIn, Facebook, Instagram, Twitter e YouTube!

Chamadas para posts nas redes sociais:

1: Concorrência, formas de ingresso e calendário acadêmico são alguns fatores que diferenciam faculdades públicas e particulares. Acesse nosso blog e saiba mais!

2: Algumas diferenças entre faculdade pública e particular podem pesar bastante no andamento de uma graduação. Saiba quais são e tire suas dúvidas!

3: Se você está na fase de escolher o curso de graduação, saiba agora a diferença entre faculdade pública e particular!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.