aprender com filmes

Aprender com filmes infantis: 7 lições para toda a família!

Os filmes infantis são fontes de diversão para os pequenos e podem ser importantes para criar momentos legais entre pais e filhos, além deentretê-los em momentos de distanciamento social. Além disso, eles podem ser educativos e trazer uma série de questões importantes a serem aprendidas para a formação deles.

Contudo não são apenas os pequenos que se beneficiam disso. Nós, adultos, podemos aprender com filmes infantis de uma forma muito potente, sabia? Aqui vamos apresentar 7 lições que podemos ter com eles e que podemos levar para diversos campos da vida. Vamos juntos?

1. Acredite no seu potencial criativo

Quantas vezes não nos permitimos dar vazão ao nosso potencial criativo porque acreditamos que nossas ações não são tão boas assim, ou que nossas ideias são insanas demais para serem aceitas. Isso aumenta, principalmente, se aquela questão for muito inovadora.

No filme “Tá Chovendo Hambúrguer”, aprendemos com Flint Lockwood que, às vezes, são essas ideias criativas fora da caixinha que vão transformar nossa vida. O protagonista é visto como o esquisitão da cidade, mas cuja ideia criativa revoluciona sua trajetória.

Para nossa vida, podemos aprender que, muitas vezes, não devemos temer mudar de rota e ir para um novo caminho. Podemos aprender com as mudanças de profissão, novos cursos, novas ideias e, assim, alcançarmos nossos sonhos e objetivos pessoais. Além disso, a criatividade é umaimportante habilidade cognitiva a ser desenvolvida.

2. Todos nós temos um “lado sombrio”

Um dos filmes recentes e de maior sucesso da Disney é “Cruella”. Nele podemos ver o nascimento da vilã do clássico 101 Dálmatas e entender como acontece sua aproximação com os cachorros.

Mas, guardadas as devidas proporções, obviamente, de ações de uma vilã em construção, podemos aprender muito com o filme. Ao tentar acomodar-se nas expectativas das outras pessoas, a jovem Estella acaba se sentindo reprimida, até mesmo, em sua veia artística e criativa.

Ao tentar se encaixar no que outras pessoas esperavam dela, ela tolheu a sua essência, em busca do que poderia ser uma “vida melhor”. O resultado não poderia ser mais desastroso, não é mesmo?

No momento em que ela deixa esse lado dar vazão, é quando se destaca como profissional criativa da área de moda. Abraçando aquilo que a torna diferente, ela consegue deixar vazar aquilo que é visto como excepcional e extraordinário.

Quando queremos atender as expectativas de quem nos cerca, podemos atrapalhar nossas singularidades e nos tornarmos “mais do mesmo”. Além, é claro, de gerar profundo sofrimento a longo prazo.

3. Não julgue as pessoas pela aparência

Você consegue pensar em um mundo no qual as crianças são vistas como assustadoras? Essa é a realidade de “Monstros S.A”. Nele, os monstros possuem como profissão assustar as crianças durante a noite, mas eles têm medo dos pequenos!

Quando Mike Sullivan conhece a Boo, uma menina que não se assusta facilmente com ele, ambos percebem que, na verdade, nem tudo é o que parece. Apesar de ambos terem uma sensação de que o outro é assustador, percebem que, na verdade, são ótimos e amigáveis.

A lição é, portanto: não julgue ninguém por sua aparência, cultura ou estilo de vida. Deixe o preconceito de lado e aprenda a lidar com adiversidade.

4. Nunca deixe um amigo para trás

A amizade é uma das relações mais leais que desenvolvemos na vida. E isso significa nunca deixar um amigo para trás. Essa lição está muito viva no filme “Lilo & Stitch”, um filme que fala muito sobre companheirismo e amor.

O rabugento Stitch esteve ao lado da sua amiga em todos os momentos, inclusive nos piores deles. Isso mostra a potência que o companheirismo tem em nossas vidas. E como eles se tornam, também, nossa família. E como a animação bem ensina: “Ohana significa família e família significa nunca abandonar ou esquecer”.

5. Valorize as amizades

“Se a fase é ruim e são tantos problemas que não tem fim, não se esqueça que ouviu de mim: amigo estou aqui”. Esses versos de uma das principais músicas de “Toy Story” mostra a força de uma das relações mais importantes e bonitas que temos: a amizade.

Essa animação da Pixar é uma das que mais enfatizam essa questão, mostrando comoamigos são coisa séria e o quanto essa relação tem força. Mesmo quando um erra feio com o outro, é possível perdoar e continuar. Também aborda a questão da lealdade entre eles, estando sempre um com o outro. Aproveite e aprenda muito com Woody e Buzz sobre isso!

6. Pare de se preocupar demais

O “Rei Leão” é um dos filmes clássicos infantis mais assistidos da história. E ele traz uma série de lições importantes que, muitas vezes, são mais importantes para os adultos do que para as crianças. E um dos pontos altos é a relação entre Simba, Timão e Pumba, na sua passagem da infância para a vida adulta.

E um ponto importante é esse momento quando os dois ensinam para o jovem leão uma das músicas mais famosas de trilhas sonoras de filmes infantis: “Os seus problemas você deve esquecer. Isso é viver, é aprender”.

Claro que o refrão de Hakuna Matata não precisa ser levado totalmente ao pé da letra, afinal, não é possível esquecer nossos problemas. Mas será que não estamos levando a vida muito a sério e focando demais nos problemas?

Precisamos também nos divertir, trazer um pouco mais de leveza. As responsabilidades não são deixadas de lado, mas podemos, também, nos divertir no processo. Isso é ótimo, não é?

7. A infância é um estado de espírito

Na última versão do filme “O Pequeno Príncipe”, temos algumas mudanças em relação à obra original, com uma história paralela acontecendo em conjunto com a famosa obra de Antoine de Saint-Exupéry.

Nela, temos um choque entre a realidade cinzenta de uma menina e o mundo colorido do piloto que, apesar de já ter alcançado a idade adulta, traz o olhar de leveza, comum da infância.

Durante o desenrolar dos fatos, podemos entender uma questão essencial: infância é estado de espírito. É possível uma criança não estar presente nainfância e um adulto ainda vivenciar esse período. E que todos nós precisamos manter essa chama acesa ainda dentro de nós, e não há problema nenhum nisso!

Aprender com filmes é um ótimo elemento educacional. Você e seus filhos podem aproveitar bastante isso e tirar ótimas lições com as sessões de cinema em casa! E, claro, aproveitar parater um tempo de qualidade com eles.

Gostou das indicações? Então compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e leve-o para outros pais interessados no assunto!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.