atualidades para o enem

6 dicas de como estudar atualidades para o Enem

Quem é vestibulando ou convive com um sabe: estudar para as provas é um processo difícil e que é, de certo modo, uma montanha-russa de emoções. No entanto, é preciso focar e identificar o que cada exame pede do(a) aluno(a). Por isso, hoje, conversaremos sobre a importância de estudar atualidades para o Enem.

O Exame Nacional do Ensino Médio é o principal vestibular do Brasil. Essa prova seleciona, todos os anos, estudantes para diversas instituições públicas e privadas do país (por meio de programas como o Sisu e o ProUni). O seu estilo é bastante diferente e estar por dentro dos acontecimentos do mundo é algo essencial para um bom desempenho.

Pensando nisso, preparamos este post para discutir as particularidades dessa prova e, claro, para fornecer algumas dicas bacanas que podem ajudar o vestibulando a estudar o conteúdo de atualidades, algo que parece um pouco abstrato devido à ausência de livros e materiais específicos. Boa leitura!

Como funciona a prova do Enem?

A prova do Enem acontece anualmente, sempre nas primeiras semanas do mês de novembro. Ela é aplicada em dois domingos seguidos: o primeiro deles dedicado aos testes de Linguagens, Ciências Humanas e Redação; e o segundo, aos conteúdos de Matemática e Ciências da Natureza.

No entanto, saber a estrutura da prova não é tudo. Conhecer o seu estilo também é muito importante. Esse é um exame muito interessante, que exige habilidades do(a) aluno(a) que vão bastante além do conteúdo visto durante as aulas.

Para o Enem, é importante que o(a) candidato(a) saiba como:

  • compreender os fenômenos do dia a dia, sejam eles físicos ou sociais, e analisá-los;
  • saber identificar situações-problema e sugerir soluções para elas;
  • construir uma boa argumentação;
  • elaborar propostas condizentes com a realidade brasileira;
  • relacionar situações aparentemente distintas, criando uma conexão plausível entre elas;
  • ter uma interpretação de texto apurada.

Tudo isso, é claro, depende de um estudo minucioso das atualidades no país. A seguir, falaremos mais sobre como estudar esse tipo de conteúdo!

Como estudar atualidades para o Enem?

Agora, chegou a hora de passarmos algumas das melhores dicas para que o(a) estudante possa se preparar para essa prova e chegar nela sabendo de tudo que acontece no Brasil e no mundo. Vamos lá?

1. Ouvir podcasts

A primeira dica de estudos para atualidades no Enem é: ouvir podcasts, que são áudios gravados e disponibilizados online. Há podcasts sobre qualquer assunto e, claro, notícias e informações são um deles!

É possível encontrar canais de podcasts em diversas plataformas de compartilhamento e de stream, como o Spotify, por exemplo. Esse é um modo muito prático de estudar no caminho para a escola ou durante a realização de tarefas diversas.

2. Acompanhar notícias pela internet ou televisão

Agora, falaremos sobre a maneira mais clássica de estar sempre por dentro das notícias do Brasil e do mundo: assistir jornais. Esse é, inclusive, um bom momento de estar com a família e debater assuntos diversos.

Para os que não gostam de acompanhar as notícias pela televisão, a internet é uma ferramenta valiosa. Nela, você pode acessar os conteúdos no horário que preferir e sem o problema dos longos intervalos comerciais.

3. Assinar uma boa revista ou jornal impresso

Além dos jornais televisivos ou transmitidos pela web, o bom e velho jornal impresso também é uma ótima maneira de estudar esses temas. Outra vantagem desse tipo de mídia é a possibilidade de ler colunas, um estilo de texto muito enriquecedor para o vestibular.

Revistas também podem ser muito interessantes, já que elas costumam aprofundar as discussões. Opte sempre por aquelas que trazem assuntos variados, como ciências e outros. Assim, seu(sua) filho(a) poderá enriquecer o conhecimento em amplas frentes simultaneamente.

4. Pesquisar o contexto e a origem das problemáticas sociais

Um hábito que deve ser estimulado é o de pesquisar a origem dos problemas sociais. Por exemplo, no caso de uma notícia sobre a ocupação ilegal de imóveis, é interessante pesquisar a origem dos movimentos sem-terra. Em questões de embates entre indígenas e latifundiários, identificar as razões para esse tipo de situação.

Esse tipo de exercício é muito importante não apenas para ampliar o conhecimento do estudante sobre os fatos, mas também para estimular a associação entre o passado e o futuro. Fazer essas relações na hora da prova é importantíssimo para a resolução das questões e para a redação.

5. Ficar de olho em temas controversos

Embora nem sempre o Enem cobre temas considerados polêmicos em suas redações, é sempre possível utilizá-los para relacionar o tema proposto com algum acontecimento recente do Brasil ou do mundo.

Além disso, esse tipo de atenção é fundamental para as questões. Nelas, há uma probabilidade muito maior de questionamento mais direto acerca de certos temas. Isso também é válido para outros vestibulares que o(a) seu(sua) filho(a) vier a prestar.

6. Participar, sempre que possível, de debates

Por fim, uma dica indispensável para exercitar a argumentação e o pensamento crítico é participar de discussões sobre os mais variados temas. Isso pode, inclusive, ser uma maneira de fazer com que toda a família se torne mais engajada nos acontecimentos mundiais.

Que tal, por exemplo, separar uma notícia todas as semanas e criar um debate em casa? Conhecer outros pontos de vista e abrir a mente é sempre fundamental para um vestibulando, que precisará ter esses aspectos na ponta da língua na hora das provas.

Quais foram os temas cobrados pela prova nos últimos anos?

Agora, que tal conhecermos alguns dos temas abordados nas redações das últimas edições do Enem? Peça ao(à) seu(sua) filho(a) que elabore textos sobre esses temas. Treinar é sempre um ótimo caminho para mandar bem na hora do exame!

  • O trabalho na construção da dignidade humana (2010);
  • Viver em rede no século XXI: os limites entre o público e o privado (2011);
  • O movimento imigratório para o Brasil no século XXI (2012);
  • Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil (2013);
  • Publicidade infantil em questão no Brasil (2014);
  • A persistência da violência contra a mulher no Brasil (2015);
  • Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil (2016);
  • Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil (2017);
  • Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet (2018);
  • Democratização ao acesso ao cinema no Brasil (2019).

Agora que você já conhece as melhores dicas e maneiras de estudar atualidades para o Enem, avise seu(sua) filho(a) sobre essas estratégias. Assim, ele(a) estará devidamente preparado(a) para enfrentar essa e quaisquer outras provas que apareçam em seu caminho.

Aproveitando que você está por aqui, compartilhe este artigo em suas redes sociais! Assim, você ajudará outros pais e estudantes que estão na mesma situação que você e seu(sua) filho(a) se encontram, contribuindo para que outros jovens também possam se preparar melhor para essa prova. Até a próxima!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.