aulas online

Saiba como ajudar seu filho a ter um bom aproveitamento nas aulas online

Além de todas as perdas que, infelizmente, vêm ocorrendo devido à Covid-19 que assola o planeta, muitas coisas mudaram em outros setores de nossa vida. A educação foi um dos âmbitos mais afetados, já que milhões de pessoas precisaram se adaptar abruptamente a uma realidade completamente nova.

Um dos fatores que mais trouxeram estranheza para os estudantes foram as aulas online. O ensino remoto passou a ser uma necessidade devido ao isolamento social e, com ele, muitas dúvidas surgiram. Como me dedicar adequadamente? Como tirar o melhor proveito dessa metodologia de aprendizado?

Essas são dúvidas realmente pertinentes e, pensando nelas, preparamos um artigo para auxiliá-lo a ajudar seus filhos a terem um bom aproveitamento nas aulas online. Esse aprendizado também será fundamental para o futuro pós-Covid, no qual muitas tendências educacionais da pandemia poderão ser mantidas. Vamos lá?

Quais são os principais desafios das aulas online?

As aulas online trazem uma série de dificuldades para o dia a dia dos estudantes. Algumas delas se relacionam a:

  • adaptação;
  • acesso à internet ou presença de recursos digitais;
  • foco no conteúdo;
  • realização de atividades.

Além disso, o ensino remoto traz um problema bem emblemático para estudantes de todas as idades: a ausência de interação social face a face com amigos e professores. Esse é um desafio a ser enfrentado continuamente, e pais e a escola devem buscar alternativas para promover encontros virtuais entre a classe!

Como ajudar os filhos a terem um bom aproveitamento nas aulas online?

Agora, veremos dicas práticas para que o aprendizado de seus filhos seja muito mais proveitoso!

Estabeleça uma rotina

Uma boa rotina é o principal recurso para a adaptação adequada dos alunos nas aulas remotas. Por isso, é ideal que o(a) pequeno(a) mantenha uma organização de horários, assim como fazia quando as aulas ocorriam na modalidade presencial.

Ajude seu(sua) filho(a) a manter horários organizados para dormir e acordar, além de fazer as refeições. Reserve um horário para os estudos que também vá além do momento dos encontros com os professores. Não se esqueça de que revisar a matéria e fazer as tarefas também é fundamental!

Ensine habilidades organizacionais

Organizar-se não é nada fácil, não é mesmo? Muitos adultos têm dificuldade em ser organizados. Imagine, então, o que não acontece com crianças e adolescentes! Por isso, é imprescindível que todos embarquem juntos nessa jornada e que eles possam contar com o apoio dos responsáveis.

Faça um cronograma de estudos em parceria com seus filhos e organize, também, a rotina de toda a família. Dar o exemplo é fundamental para que tudo corra bem nesse período de adaptação, evitando problemas com os estudos e em outros âmbitos da vida.

Separe um espaço adequado

O espaço para estudar também deve ser bem pensado. É importante que ele seja iluminado, confortável e que traga todos os recursos para evitar a procrastinação e a interrupção do foco e da linha de pensamento enquanto o(a) jovem estuda.

Por isso, posicione o computador ou dispositivo utilizado para assistir às aulas em uma superfície de altura adequada e que permita, também, o espaço para que o(a) aluno(a) realize suas anotações e exercícios durante e após a aula.

Forneça os recursos necessários

Além dos recursos como uma boa mesa e uma cadeira confortável, é essencial que o dispositivo utilizado pelo(a) seu(sua) filho(a) seja adequado para as necessidades. dele(a). Não é preciso ter o melhor computador do mundo, mas ser bom o suficiente para suportar as atividades propostas. Tire suas dúvidas com a escola!

Além disso, é fundamental que a conexão com a internet seja boa e, principalmente, estável. Tenha em mente que qualquer “travamento” na rede ocasionará perda de conteúdo da aula, atrasando e comprometendo o aprendizado da criança.

Acompanhe de perto

Outra dica para que a adaptação das crianças e adolescentes seja a mais adequada possível ao longo das aulas online é, sem dúvida, manter-se por perto. A presença dos pais e responsáveis nesse período é indispensável, sendo eles os olhos e ouvidos dos professores em um ambiente remoto.

Por falar nisso, não deixe de manter sempre um diálogo aberto com os professores e com a escola de seu(sua) filho(a)! É a partir disso que vocês poderão acompanhar o desempenho dos estudantes e promover o melhor aproveitamento de todos nesse período tão diferente da vida escolar.

Não cobre excessivamente

Outra prática que é preciso ter é o respeito à saúde emocional dos filhos no período da quarentena. As aulas remotas são necessárias, mas, neste momento, há também uma grande privação do contato direto com o mundo exterior e com os amigos que eles tanto amam.

Além disso, toda fase de adaptação tem altos e baixos. Sendo assim, não cobre muito! Esteja presente e tenha pulso firme, mas aja com moderação na hora da cobrança. Em vez de brigar, ofereça soluções e dicas para que os erros não sejam cometidos novamente. Seja um amigo!

Priorize também o lazer

Por fim, parte da adaptação ao novo normal na educação envolve os cuidados com o lazer e descanso das crianças e adolescentes. Invista em recursos para tornar o dia a dia mais divertido e driblar a sensação de medo e desconforto que são tão comuns em todos nós no período da quarentena.

Há muitas brincadeiras e recursos que podem ser utilizados! Busque opções na internet e tente tornar esse momento um pouco menos pesado para todos os membros de sua família.

Ajudar os filhos a terem um bom aproveitamento nas aulas online também é algo feito a partir do diálogo. Por isso, tenha sempre a conversa como um dos pilares do relacionamento familiar e, sempre que necessário, conte com a ajuda do colégio para guiá-lo em suas decisões!

Para melhorar ainda mais o seu conhecimento sobre o tema, separamos outro post que pode interessá-lo! Faça a leitura do texto sobre aprendizagem online e conheça outras dicas e informações sobre o mundo da educação remota. Esperamos que goste!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.