Como os pais podem auxiliar os filhos a estudar para o vestibular? Veja aqui!

Como os pais podem auxiliar os filhos a estudar para o vestibular? Veja aqui!

Estudar para o vestibular não é tarefa fácil. Durante esse período, especialmente para os jovens, a pressão e o estresse estão diariamente presentes e, se não forem bem gerenciados, podem comprometer a rotina de estudos, bem como o desempenho na prova.

No entanto, tudo pode se tornar mais tranquilo com a parceria dos pais nesse processo. Existem boas estratégias que podem ser criadas e usadas a favor de um estudo com maior qualidade e eficiência.

Além disso, contar com o apoio de pessoas próximas torna tudo mais leve, pois ajuda o indivíduo a se organizar melhor e faz com que o vestibulando entenda que seus pais compreendem o momento vivenciado e estão dispostos a descomplicar todo o percurso.

Quer saber como os pais podem auxiliar seus filhos nessa etapa? Então, continue a leitura que preparamos para você.

Ajudar a elaborar um plano de estudo

O vestibular reúne uma quantidade elevada de conteúdos para estudar, o que pode gerar muita confusão na cabeça dos jovens. São conhecimentos importantes que precisam ser aprendidos, e nada pode ser dispensado.

Uma forma de facilitar a fluidez desse processo é a criação de um plano de estudos para melhorar a organização por meio de listas de tarefas que devem ser realizadas diariamente.

Os pais entram nesse contexto, participando da construção desse cronograma e contribuindo para que os filhos possam fazer tudo da melhor forma.

Assim, é possível dividir o tempo e as matérias de acordo com a rotina de cada um, de maneira que os estudos possam ser feitos com qualidade. Outro aspecto importante é que os estudos possam ser intercalados com atividades de lazer e alguns minutos de descanso, para que a pressão seja amenizada.

Dessa forma, a rotina se torna mais saudável e evita grande carga de estresse, que pode prejudicar o percurso do(a) jovem. Propor filmes temáticos relacionados ao conteúdo, além do uso de tecnologias assistivas que possam tornar os estudos mais leves, também é eficiente e relevante.

Preparar um cronograma com datas das provas

De acordo com o plano de estudo elaborado anteriormente, é importante traçar um cronograma com as datas das provas. Ou seja, estar preparado(a) com antecedência para a realização dos exames.

Outro aspecto importante na construção desse cronograma é que o término dos estudos não aconteça muito perto das datas finais. É relevante que haja um tempo para revisar e que, nas vésperas da realização dos testes, seus filhos possam estar mais tranquilos para fazê-los sem tanto estresse e preocupação.

Por isso, fazer com que a rotina de estudos se torne um hábito é fundamental para obter bons resultados no vestibular, sem estresse ou acúmulo de conteúdos. Ao fazer isso, seus filhos se sentem mais seguros em relação ao domínio dos conhecimentos.

É interessante que, mais perto das provas, sejam realizados exercícios de fixação e interpretação textual, jogos educativos, entre outros recursos que possam promover o desenvolvimento de habilidades cognitivas, necessárias para o grande dia.

Orientar quanto à escolha da profissão

O estudante, quando está em preparo para o vestibular, é bastante questionado sobre qual profissão pretende seguir, especialmente pela família. Além disso, é geralmente muito julgado sobre suas escolhas.

No entanto, é preciso estar consciente de que se trata de uma decisão muito delicada e importante. Assim, o respeito deve prevalecer, ainda que a escolha profissional não seja aquela que a família desejou.

Isso não quer dizer que os pais não possam conversar sobre o assunto, pelo contrário, é um diálogo saudável, desde que nada seja imposto. Dessa forma, é possível mostrar os prós e contras, sem necessariamente decidir por eles.

O objetivo é proporcionar segurança nas decisões e propor estratégias que possam facilitar essa escolha, como testes vocacionais, mostrando-se sempre abertos para conversar.

Estabelecer metas de alcance

Depois de organizar todo o cronograma de estudos, bem como delimitar o tempo necessário para concluí-lo, é importante colocar metas de alcance. Ou seja, é fundamental saber aonde se quer chegar. Por exemplo, ao final de dois meses, é preciso ter finalizado determinadas disciplinas, compreendido determinados assuntos etc.

Dessa forma, os estudos poderão ser seguidos com objetivos. Tudo isso facilita o percurso com maior motivação e menos desgaste.

Os pais, nesse processo, podem compreender em quais disciplinas os filhos apresentam mais e menos dificuldades. Assim, fica mais fácil tomar as devidas providências, como contratar professores especialistas para aulas particulares, matricular o(a) adolescente em cursinhos etc.

É muito importante que essa participação dos pais esteja sempre em parceria com a escola, que poderá aplicar estratégias que possam facilitar as dificuldades encontradas pelo(a) aluno(a), bem como potencializar aquelas habilidades já alcançadas.

Dar apoio emocional

Durante os estudos para o vestibular, os estudantes apresentam muitas preocupações. Isso faz com que se gere uma carga muito pesada de ansiedade, que pode comprometer os estudos. Entre todas as tensões, uma das maiores é que os pais se sintam orgulhosos do esforço.

No entanto, é preciso que os pais estejam atentos durante esse processo. Participar e dar apoio aos seus filhos é fundamental para o bem-estar emocional deles. Normalmente, há muita cobrança da sociedade em geral, da família, dos amigos etc. Contar com a compreensão dos pais faz toda a diferença. É importante que se façam presentes muito além da cobrança, com incentivo e estímulo.

Ainda, além dos pais, a escola é muito relevante no processo e pode ajudar muito os jovens a organizar estratégias para os estudos, além de realizar o acompanhamento de que precisam para alcançar seus objetivos no vestibular.

Como pôde ser observado, os pais representam grande influência na vida de seus filhos, especialmente quando o assunto é estudar para o vestibular.

Por isso, estar consciente de que existe muita pressão e suavizar o percurso faz toda a diferença na vida de um(a) jovem. Respeitar o espaço e tempo de cada um, bem como oferecer apoio moral, também é imprescindível para um percurso saudável, com foco e bastante compreensão.

Gostou do post? Então, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude outros pais a auxiliar os filhos nos estudos para o vestibular!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.