benefícios da leitura

Conheça 9 maiores benefícios da leitura agora e no futuro

A leitura é uma importante fonte de prazer e aprendizado. Podemos adquirir um vasto conhecimento por meio da leitura e usufruir de outros benefícios.

A adolescência, fase de descobertas e mudanças, é um ótimo período para estimular o hábito de ler e, considerando o período depandemia e a consequente necessidade de isolamento social, algumas iniciativas podem surtir bons resultados.

Neste artigo, vamos analisar alguns dos maiores benefícios da leitura para o(a) adolescente, seja agora, seja no futuro. Confira!

Quais são os benefícios da leitura?

Veja 9 benefícios da leitura para o(a) adolescente.

1. Estimula a criatividade e a imaginação

Um dos mais conhecidos benefícios da leitura é que ela estimula a criatividade e a imaginação. Os diferentes gêneros literários podem ajudar na compreensão do lúdico, além de aumentar a criatividade e a capacidade para interpretar textos.

À medida que lê, o(a) leitor(a) desenvolve sua imaginação a partir da narrativa. Ele(a) encontra espaço para elaborar suas próprias ideias, criar e inventar.

2. Melhora o vocabulário

Uma forma eficaz de ensinar expressões e palavras novas é inserindo-as em um contexto. Nas outras vezes em que o(a) adolescente escutar determinados termos, apelará para suas lembranças. À medida que o tempo passa, a associação é automática e a palavra — com o seu significado — fica gravada em sua mente.

3. Melhora as técnicas de escrita

Outro dos benefícios da leitura é que ela aprimora a escrita. Escrita aperfeiçoada e vocabulário enriquecido caminham lado a lado.

O(a) leitor(a) entra em contato com diferentes estilos quando lê narrativas diversas, de autores variados, e aprende a usar as palavras como meio para se expressar melhor.

4. Desenvolve a atenção e o foco

A leitura exige atenção de quem está lendo. É preciso ter foco. Somente lendo atenciosamente será possível compreender o conteúdo — e não faz sentido ler apenas por ler, sem compreender.

O(a) leitor(a) consegue compreender o desenvolvimento da história apenas se mantiver sua concentração. Detalhes que passam despercebidos podem comprometer o entendimento do texto, o que leva o(a) leitor(a) a voltar algumas páginas para tentar encontrar o “elo” que ligue os eventos e suprima sua dúvida. Tudo que lemos com atenção tende a ficar registrado em nossa memória por mais tempo. E a leitura requer essa atenção.

Atenção e memorização são importantes especialmente para oestudo. Assim, a leitura recorrente contribui para que o(a) estudante tenha um melhor desempenho nessa área, pois facilita aaprendizagem.

5. Melhora a capacidade de raciocinar

Outro benefício proporcionado pela leitura é que ela estimula oraciocínio. Para que os jovens compreendam a narrativa, é preciso que consigam interpretar e sigam uma lógica.

Quando as histórias contêm enigmas e mistérios para solucionar, elas apresentam maiores desafios e, portanto, são as mais indicadas para melhorar o raciocínio.

A leitura contribui para aumentar as conexões neurais. Mais ligações entre os neurônios permitem que a mente responda com mais agilidade.

6. Fortalece o pensamento crítico

Narrativas que estimulam a reflexão são valiosas nessa fase da vida. De modo geral, toda narrativa estimula a reflexão, mas algumas abordam temas mais atuais e recorrentes.

Dessa forma, o(a)adolescente pode desenvolver suas opiniões sobre política, sociedade, meio ambiente, trabalho e diversos outros assuntos.

O pensamento crítico é relevante para qualquer pessoa e ajuda na tomada de decisões. Assim, como um dos principais benefícios da leitura, podemos destacar sua capacidade para despertar algum potencial do(a) jovem para participar mais ativamente de questões sociais. Além disso, o pensamento crítico é valioso para a vida pessoal de cada indivíduo.

7. Reduz o estresse

Ler também é uma forma de relaxar e reduzir o estresse. Claro que precisa ser uma leitura que agrade, que seja do gosto do(a) adolescente. Não pode ser uma obrigação.

A verdade é que, para quem gosta, até um livro científico pode ajudar a relaxar! E quando desenvolvemos o gosto pela leitura, isso fica ainda mais divertido.

Alguns minutos de leitura diária contribuem para aumentar os hormônios da felicidade, diminuindo o estresse.

Os chamados “hormônios da felicidade” incluem:

  • serotonina;
  • dopamina;
  • endorfina;
  • ocitocina.

8. Aumenta os conhecimentos gerais

Ler também permite que o(a) adolescente adquira novos conhecimentos sobre a vida, outras culturas, novos conceitos e pontos de vista diferentes. Isso é relevante para o desenvolvimento pessoal e profissional.

9. Provoca empatia

Quando as pessoas leem, elas interagem com os personagens e, dessa forma, sentem emoções como se os eventos estivessem acontecendo com elas.

A empatia (capacidade de se colocar no lugar dos outros) é um dos fundamentos da inteligência emocional. Trata-se de uma soft skill muito valorizada no mercado, pois melhora o relacionamento no ambiente de trabalho e entre o funcionário e o cliente.

Como estimular a leitura nos adolescentes?

Entre as iniciativas que os pais podem tomar para motivar os filhos a ler, podemos citar a sugestão de obras já famosas ou de autores conhecidos.

Por exemplo, citar uma obra que você já leu ou de algum autor que conhece e aprova é uma boa forma de começar. E, caso exista a versão online do livro, você pode recomendá-la, principalmente seseu(sua) filho(a) vive usando ocomputador e navegando na internet.

Outra dica é aproveitar as versões cinematográficas de algumas obras. Aproveite os filmes de que ele(a) gosta. Nesse sentido, há muitas opções, desde romances e novelas até trilogias e séries (Senhor dos Anéis, Harry Potter, Crepúsculo, Água para Elefantes, Convergente, A Cabana, A Volta para Casa, As Aventuras de Pi, Mogli, adaptações literárias dos quadrinhos da Marvel e DC e assim por diante).

Vale também colocar seu(sua) filho(a) em contato com autores mais antigos por meio de adaptações de obras clássicas (Dom Quixote, Ilíada, Odisseia, Divina Comédia, Os Três Mosqueteiros, Robin Hood, obras de Júlio Verne, H. G. Wells, Victor Hugo, Leon Tolstói e Jane Austen). Além disso, invista nas obras e autores nacionais do presente e do passado.

Não imponha a leitura como uma obrigação ou um castigo, pois isso pode traumatizar o(a) adolescente, principalmente se ele(a) já tiver alguma resistência a esse hábito.

O incentivo dos pais é muito significativo para desenvolver o hábito de ler. Os jovens motivados dedicarão mais tempo aos livros e usufruirão, assim, dos benefícios da leitura, que rendem frutos em curto, médio e longo prazo!

Gostou do conteúdo? Se quiser acompanhar outras publicações, curta a nossa página noFacebook!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.