Colégios particulares em Juiz de Fora: como acertar na escolha?

Colégios particulares em Juiz de Fora: como acertar na escolha?

Ao procurar por colégios particulares, pais e responsáveis buscam opções que incentivem a formação de cidadãos bem informados, reflexivos e críticos perante a sociedade em que estão inseridos. A educação é o que dá base às crianças e adolescentes na formação pessoal e no aprendizado para o futuro. Por isso, vários fatores devem ser levados em conta antes de escolher o colégio onde os filhos estudarão.

As opções oferecidas pelo mercado são inúmeras e conhecer um pouco sobre cada uma delas ajudará nessa escolha. Visitar os espaços físicos, pesquisar, perguntar, conversar com pais, alunos e diretores pedagógicos facilitarão na compreensão de quais são os métodos utilizados na escola e se eles são a forma com a qual você gostaria que seus filhos fossem educados.

Para auxiliar nessa decisão, trouxemos alguns fatores que precisam ser analisados. Confira:

Qual o impacto da escolha do colégio no aprendizado da criança?

A escolha de uma escola deve ser pensada e refletida com muito cuidado. Muitos pais preocupam-se, primeiramente, com a proximidade do colégio com o local de trabalho ou da casa. Mas essa decisão precisa ser muito mais cautelosa. A filosofia trabalhada em casa deve ser acompanhada na escola, pois lá o(a) aluno(a) compreenderá e aprenderá mais sobre a importância desses valores. A unicidade das mensagens ajuda na aceitação e aprendizado da criança.

Dessa forma, optar por escolas que trabalham desde a educação infantil até o ensino médio pode ser uma opção interessante para criar um ambiente acolhedor e seguro para o(a) estudante.

13Quando uma criança estuda na mesma escola por anos, o acompanhamento do desenvolvimento pode ser feito de forma mais clara, as relações estabelecidas com professores, amigos e funcionários criam um elo de amizade e confiança, diminuindo as chances desse(a) aluno(a) passar por problemas sozinho(a) e acabar se isolando.

A função da escola é transmitir os conhecimentos da humanidade e dar ao indivíduo instrumentos que o capacitem na compreensão, assimilação e argumentação. Portanto, um bom colégio é aquele que alia valores semelhantes aos seus e que inspira nos alunos o clima de aprendizagem com metas estabelecidas. O mais importante é que o(a) estudante dê o melhor de si e se sinta valorizado(a) não apenas pelo resultado, mas também pelo esforço empenhado no processo.

Quais fatores devo considerar ao escolher colégios particulares?

Cada família pode apresentar prioridades na educação dos filhos. Contudo, há alguns pontos em comuns que devem ser levados em consideração. Veja os 5 principais:

Localização

Esse fator não deve ser considerado um item primário, porém não podemos ignorar a sua importância. Quando o colégio escolhido é fora da rota dos pais ou muito distante da casa do(a) aluno(a), isso pode prejudicar o rendimento dos estudantes, que precisam acordar muito cedo ou que acabam perdendo muito tempo no deslocamento casa/escola. Por isso, colégios centrais acabam sendo uma ótima opção. Na maioria das vezes, são próximos do local de trabalho dos pais e, por serem bem localizados, têm várias rotas de chegada, sendo acessível para moradores de vários bairros.

Infraestrutura

A infraestrutura do local também deve impactar diretamente na escolha. No caso das crianças, elas precisam de muito espaço para correr, brincar e desenvolver atividades lúdicas.

No caso dos(das) adolescentes, aulas de educação física, apresentações teatrais e acesso a laboratórios são importantes para desenvolver outras habilidades que vão além da sala de aula. Por isso, conhecer o espaço físico é tão importante. Em uma visita, será possível identificar diferenciais que podem ser preponderantes para a decisão.

Metodologia

Conhecer e entender as linhas pedagógicas da escola também auxiliará na decisão final. É preciso encontrar o equilíbrio em uma instituição que se enquadre no estilo de vida da família e que se preocupe com a parte de aprendizado e do emocional da criança. Os primeiros anos na escola são muito importantes para o desenvolvimento da criança e no aprimoramento das suas relações sociais.

Atualmente, existem várias metodologias, como a tradicional, construtivista, montessoriana, Waldorf, entre outras. Esses ideais serão os norteadores dos princípios básicos da educação. Dessa forma, se você não concorda com algum tipo de metodologia, é importante entender como as escolas lidam com ela. Por exemplo, alguns colégios não priorizam a alfabetização e encaram notas e provas como algo secundário. Outras preferem não passar atividades para casa, mas incentivam a leitura.

Além disso, identificar o segmento religioso da instituição também é importante para verificar a afinidade com o que a sua família crê. Isso evitará desconfortos caso a escola ofereça aulas de ensino religioso, e a criança for educada em uma religião diferente.

Valores oferecidos pela escola

A parceria entre pais e escola precisa funcionar para que o(a) aluno(a) apresente os melhores resultados possíveis. Parte disso será determinado pelos valores oferecidos pela escola. Essa relação deve funcionar de forma complementar, como uma troca.

Nesse sentido, é importante pesquisar qual tipo de valor você deseja passar para o(a) seu(sua) filho(a). Algumas escolas focam, principalmente, nos resultados numéricos. Números de aprovações, maiores notas, ranking dos(das) melhores alunos(as).

Outras focam na educação humana em conjunto com o aprendizado. Tudo dependerá da forma com a qual você escolheu para que o(a) seu(sua) filho(a) seja criado(a). Neste caso, não há certo e errado, apenas a melhor opção para suas crenças.

Aulas extracurriculares

Além de certificar-se de que os conteúdos básicos são bem desenvolvidos, a criança também deve ter a oportunidade de ter aulas extracurriculares. Hoje, com o acesso à internet e a difusão cultural, é importante que a escola ofereça atividades que tirem o(a) aluno(a) da sala de aula e ajudem no desenvolvimento global de outras características.

Aulas de música, esportes, culinária, dança, artes e línguas instigarão a criatividade e valorizarão as diferenças. É por meio das aulas práticas que muitas crianças descobrem novas habilidades e começam a traçar opções para futuras carreiras.

Portanto, escolher entre tantos colégios particulares em Juiz de Fora não é uma tarefa fácil. Além de todos os fatores que citamos, há outros que precisam ser analisados e levados em conta. Afinal, a escola ideal é aquela que tem autonomia, comprometimento e que traz segurança para sua família e para o(a) seu(sua) filho(a).

Se você está em busca de uma instituição de ensino com tradição, boa infraestrutura, localização e referências, o Colégio Academia é o local certo. Para conhecer o nosso corpo docente e saber mais sobre a nossa metodologia, entre em contato conosco. Teremos o prazer de marcar uma visita!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.