Como escolher a escola infantil mais adequada para meu filho?

Como escolher a escola infantil mais adequada para meus filhos?

A educação é responsável pela formação intelectual dos indivíduos, bem como pelo desenvolvimento dos valores, da personalidade e do modo como eles constroem as suas relações com o mundo. Por isso, saber como escolher a escola infantil do(a) filho(a) é uma das principais preocupações dos pais. Afinal, essa é uma decisão muito importante e que vai impactar diretamente toda a vida da criança.

O ambiente escolar será o local em que o(a) estudante vai passar boa parte da sua vida acadêmica. Assim sendo, é fundamental que os pais levem em consideração alguns fatores no momento de definir a escola, como infraestrutura, qualidade do ensino, proposta pedagógica, experiência docente e outros aspectos, para tomar a melhor decisão na hora de matricular os filhos.

Precisa de ajuda para escolher uma boa escola para os seus filhos? Então, continue a leitura e confira as nossas dicas para que você tome uma decisão acertada mais facilmente. Vamos lá!

Como escolher a escola infantil do(a) meu(minha) filho(a)?

O primeiro passo para tomar essa decisão é conhecer bem o perfil e as inclinações dos filhos. Em linhas gerais, o interesse das crianças e as aspirações dos pais são particularidades indispensáveis para fornecer a melhor experiência acadêmica possível. Além disso, a escola deve ser um espaço que favoreça o desenvolvimento das potencialidades dos alunos.

Veja, a seguir, algumas orientações que trouxemos para auxiliá-lo nesse momento.

Conheça o plano pedagógico

As escolas devem dispor de um projeto bem estruturado com todos os planos de ações para atingir a sua eficiência no ensino-aprendizado dos alunos. Esse documento serve para registrar e esclarecer os caminhos adotados para ensinar, avaliar e acompanhar o desenvolvimento dos estudantes. Ou seja, ele é um resumo detalhado de todas as estratégias utilizadas pela instituição.

Portanto, é interessante que os pais busquem informações sobre os pontos abordados no plano de ação da escola, para, dessa forma, conhecerem mais profundamente os princípios, os recursos, a estrutura e a metodologia de ensino. Assim, por meio dessas informações, torna-se mais fácil avaliar se a escola atende às expectativas geradas sobre a educação dos filhos.

Analise as atividades oferecidas

O plano de ensino de toda instituição tem um impacto muito forte sobre o desenvolvimento das crianças no ensino infantil. Por isso, o conteúdo oferecido para os alunos deve ser baseado em diversos estímulos que tenham por objetivo despertar e manter o interesse dos alunos em aprender novas coisas. Assim, as atividades desenvolvidas na escola precisam ser avaliadas pelos pais.

Ou seja, é preciso garantir que tanto as atividades extracurriculares quanto aquelas que ajudam a dinamizar uma aula com conteúdo estejam presentes em sala. Afinal, promover uma educação mais dinâmica com eventos interessantes conectados ao conteúdo é essencial para o desenvolvimento dos alunos e indispensável em uma educação competente.

Consulte a carga horária

Não é novidade que a vida das pessoas está cada vez mais corrida e, com isso, o tempo tem se tornado muito escasso. Nesse cenário, para muitos pais, encontrar um local adequado para deixar os filhos se torna um dilema. Portanto, as escolas que oferecem o ensino integral se tornam um diferencial muito importante.

Além disso, é válido destacar que a presença das crianças por mais tempo na instituição potencializa o seu desenvolvimento. Afinal, é preciso levar em consideração que o período extenso em um ambiente escolar oportuniza a convivência com diversas fontes de aprendizado. Com isso, o rendimento dos alunos é priorizado e os pais se sentem mais tranquilos.

Conheça as atividades extracurriculares

Além de compreender quais são as atividades oferecidas e entender mais sobre a carga horária, é importante que os pais estejam ligados também no que diz respeito às aulas extracurriculares, ou seja, aquelas que não fazem parte das normas da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) para o ensino dos alunos.

Aulas, como Dança, Teatro, Música ou Informática, não fazem parte da grade obrigatória no território nacional. Portanto, são um diferencial para a educação do(a) seu(sua) filho(a), que desenvolverá competências únicas e poderá se destacar ainda mais na construção de uma carreira de sucesso.

Verifique a experiência da instituição

A experiência da instituição no trato dos alunos e no desenvolvimento de táticas aprimoradas de ensino tem pouca relação com os seus anos de existência. Com o desenvolvimento da sociedade de modo geral, é importante que até mesmo o ensino tradicional busque formas de estar em constante adaptação para conseguir despertar a curiosidade dos novos alunos.

Dito isso, é fundamental que os pais estejam atentos a questões relacionadas com a experiência da escola em educar. Além de metodologias, estruturas e materiais didáticos, é fundamental analisar a forma como a instituição se comporta diante de situações adversas e o cuidado com o bem-estar físico e mental dos alunos, que deve ser uma preocupação constante.

Conheça a infraestrutura da escola

O ambiente escolar é um fator muito importante para o desenvolvimento dos estudantes. Assim sendo, os pais precisam se informar sobre os espaços dentro da escola, como locais adequados para brincadeiras, salas de leitura e ambientes interativos, de modo geral, que promovam a concentração e o interesse das crianças.

Uma boa infraestrutura é capaz de influenciar não apenas a capacidade intelectual dos alunos, mas também a criação de laços de amizade e de convívio social muito fortes. Portanto, para garantir um ensino mais completo, é necessário observar os investimentos destinados à infraestrutura da unidade para assegurar a amplitude das capacidades dos estudantes.

Pesquise sobre o corpo docente

É fundamental que os pais conheçam de perto os profissionais que atuam nas escolas, afinal, eles serão responsáveis pela educação dos filhos. Ao definir uma instituição ideal, é importante considerar construir uma relação de proximidade com professores e orientadores. Procure identificar a qualificação desses profissionais para atuar no ambiente educacional e, principalmente, como é a relação com os atuais alunos da unidade desejada.

A qualidade do ensino oferecido pelas escolas passa diretamente pela formação acadêmica dos profissionais que atuam ali. Portanto, é imprescindível que a presença dos pais seja constante e que esse tema seja abordado durante as visitas e as reuniões pedagógicas. Assim, os responsáveis poderão ter mais tranquilidade para deixar as crianças sob os cuidados da instituição escolhida.

Verifique a qualidade do material pedagógico utilizado

Bons professores, infraestrutura de ponta etc. — tudo parece muito bom. Mas e os materiais utilizados? Eles também devem fazer parte do seu planejamento na hora de escolher a melhor escola infantil para as crianças.

Os livros didáticos usados devem ser atualizados e renomados. Por isso, sempre pergunte à escola qual é o material que faz parte do programa da instituição e faça uma pesquisa sobre ele. Questione também como é o seu funcionamento, como as aulas são organizadas a partir do conteúdo e tire todas as suas dúvidas sobre o tema.

Entenda como funcionam a transparência e os canais de comunicação com a escola

A comunicação com a escola é algo que não pode ser negligenciado. Afinal, um bom diálogo com a instituição é fundamental para a participação dos pais e responsáveis na educação das suas crianças, otimizando os resultados obtidos e fazendo com que a adaptação do(a) pequeno(a) seja muito mais eficiente.

Por isso, priorize sempre instituições que permitem que o contato seja feito. Canais, como Facebook, telefone, WhatsApp e outros, são fundamentais para que a interação possa acontecer com transparência e eficiência.

Leve a opinião das crianças em consideração

Escolher uma escola infantil também envolve o processo de decisão das próprias crianças. Afinal, esse ambiente será como um segundo lar para elas nos próximos anos de sua vida e é fundamental que uma identificação aconteça desde os primeiros instantes. Por isso, leve o(a) seu(sua) filho(a) para uma visita e veja o que ele(a) acha!

Isso, é claro, só deve ser feito após uma pesquisa prévia dos próprios pais. Selecione algumas escolas que caibam no seu orçamento e que tenham valores alinhados aos seus e, depois, inclua as crianças no processo de escolha. Mantenha um diálogo aberto com elas e veja quais são os pontos levantados.

Converse com outros pais e responsáveis

Por fim, uma boa dica para não errar na escolha da escola infantil é conversar com outros pais e responsáveis sobre as instituições que fazem parte da sua lista de opções. Esse contato pode ser feito via redes sociais ou até mesmo presencialmente, caso o colégio se encontre em seu bairro e você conheça algumas pessoas que têm vínculos com as escolas.

Essa dica é fundamental para que você possa conferir a opinião de quem conhece a instituição na prática. Assim, fica muito mais fácil identificar quais são os pontos fortes e fracos daquela escola e tomar uma decisão acertada e que realmente colabore para o futuro do(a) seu(sua) filho(a).

Concluindo, a escola é um ambiente no qual a criança vai passar grande parte da sua vida, travando relações e desenvolvendo valores que serão levados por toda a sua fase adulta. Por isso, é essencial saber como escolher a escola infantil a partir das informações que você tem sobre os seus filhos e sobre o estilo da sua família.

Agora que você sabe quais os pontos importantes que devem ser avaliados, o que acha de compartilhar este artigo nas suas redes sociais? Assim, mais pessoas conhecerão essas informações e poderão fazer boas escolhas referentes às escolas das crianças!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.