Desenvolvimento da criança

O que você precisa saber para estimular o desenvolvimento da criança

A todo o momento, as crianças recebem novas informações que devem ser trabalhadas, por isso lidar bem com esse conhecimento ininterrupto é essencial para sua formação e inserção bem-sucedida na sociedade. O papel da escola é fundamental nesse momento, pois ela é responsável — ainda que parcialmente — pelo desenvolvimento da criança em conjunto com a família.

Esse processo é de extrema importância na vida dos indivíduos, afinal, a evolução do ser humano se dá de forma contínua e começa a ocorrer no momento em que ele recebe algum estímulo externo. Portanto, um indivíduo começa a evoluir suas habilidades cognitivas e emocionais ainda na primeira infância.

Quer descobrir como estimular o desenvolvimento de uma criança? Então continue sua leitura. Preparamos este texto com algumas informações para ajudá-lo a compreender melhor o(a) seu(sua) filho(a) e auxiliá-lo(a) a desenvolver suas melhores características. Confira!

Por que não devemos criar expectativas e cobranças exageradas?

Você já acompanha o desenvolvimento do(a) seu(sua) filho(a) antes mesmo de ele(a) nascer, por isso é natural que queira que ele(a) evolua e aprenda novas atividades a cada minuto. Contudo cada criança tem seu próprio tempo e se preocupar excessivamente não ajudará em nada. Não tente apressar nem cobre dele(a) exageradamente.

Mesmo que você crie expectativas, o desenvolvimento da criança depende, principalmente, da maturidade de suas estruturas nervosas. Portanto, se seu(sua) filho(a) ainda não estiver pronto(a) para andar ou falar, não adianta forçar a barra. As crianças são capazes de realizar tarefas de acordo com sua idade, porém use isso somente como um parâmetro.

Sendo assim, não se desespere se seu(sua) filho(a) levar um pouco mais de tempo para amadurecer em relação às outras crianças da mesma idade. O melhor que você pode fazer é não cobrar demais para não se frustrar e, posteriormente, frustrar seu(sua) filho(a). Continue interagindo e brincando bastante para que ele(a) se sinta estimulado(a).

Como trabalhar o desenvolvimento da criança?

Crianças e adolescentes dividem seu tempo entre o lar e a escola, e ambos os espaços são locais fundamentais para o desenvolvimento. Tanto com os professores e os amigos, na instituição de ensino, quanto em casa, com a família, a criança precisa ser instigada a conhecer novas coisas e desenvolver as habilidades que já possui. Dessa forma, existem algumas opções que podem ser colocadas em prática para guiá-lo(a) nesse processo tão importante.

Veja, a seguir, algumas das mais importantes.

Brinque e converse

Todo aprendizado depende de carinho e atenção, principalmente para as crianças menores. Por isso, é importante que toda a família converse e brinque, em um ambiente propício, para que a criança se sinta segura e apoiada. Ao conversar com um bebê, por exemplo, você pode olhá-lo nos olhos e falar mais calmamente — isso ajuda a criar vínculos afetivos que serão importantes durante toda a vida.

Desenvolva o hábito da leitura

O hábito de ler deve ser desenvolvido já nas crianças pequenas. Além de estimular a imaginação, os livros ainda são fontes inesgotáveis de novas palavras, conhecimentos e, é claro, sentimentos. Por meio das histórias, seu(sua) filho(a) pode criar uma forma de comunicação única, que ajudará no desenvolvimento da memória e da linguagem escrita e oral.

Respeite o sono e promova uma alimentação equilibrada

É fundamental para o desenvolvimento da criança que ela tenha uma rotina de sono equilibrado. Durante o sono, o corpo libera hormônios importantes para a saúde e para o crescimento de seu(sua) filho(a). Além disso, as crianças que têm uma rotina de descanso, com hora certa para dormir, por exemplo, podem se sair melhor na escola.

Outro fator importante para o desenvolvimento da criança é a alimentação. Incentive seu(sua) filho(a) a ter uma alimentação saudável e variada, com os nutrientes essenciais em quantidades adequadas. Quando uma criança recebe as doses certas de energia, sente-se animada para brincar mais e, é claro, desenvolve-se melhor.

Prepare um ambiente de estudo

Um ponto muito importante para desenvolver e estimular o aprendizado é, sem dúvida, o local onde a criança passa o seu tempo estudando. Por isso, estudar em cima da cama ou em posições desconfortáveis pode acarretar alguns problemas — inclusive, no desenvolvimento físico. Procure disponibilizar um local agradável e confortável que favoreça o processo de aprender.

Sendo assim, dê preferência para um local com boa iluminação, bem-ventilado e livre de interrupções. O silêncio deve ser uma prioridade também, já que sons podem se tornar distrações e impedir que a criança foque inteiramente no conteúdo que está aprendendo. No entanto, o mais importante é encontrar o ambiente que se adapte às particularidades do seu(sua) filho(a).

Crie uma rotina de estudos efetiva

O desenvolvimento da criança é um tema que exige responsabilidade por parte dos pais. Por isso, é fundamental estipular uma rotina de estudos em casa para estruturar os conteúdos que são oferecidos na escola. Assim é possível assegurar que haverá uma relação interessante entre os novos conteúdos vistos na sala de aula com toda a matéria que é revista e fixada em casa.

Para isso é importante estabelecer uma rotina de estudos e atividades como forma de ensinar ao seu(sua) filho(a) a ter compromisso com as tarefas que ele(a) deve desempenhar. Ter um horário demarcado ajuda nesse aprendizado e faz com que ele(a) tenha maiores responsabilidades em relação ao estudo, evoluindo e se desenvolvendo constantemente.

Incentive o interesse da criança pela descoberta

São os pequenos estímulos do dia a dia que auxiliam o desenvolvimento da criança, por isso os pais e responsáveis devem acompanhá-la e estimulá-la constantemente. Assim, ela terá condições de progredir adequadamente e, quando você menos esperar, se tornará um ser independente e completamente capaz de tomar suas próprias decisões.

O desenvolvimento da criança, portanto, deve ser respeitado de acordo com a sua idade e, além disso, de acordo com seu próprio amadurecimento. Respeite as características do seu(sua) filho(a) e não o(a) compare com as demais crianças. Somente se sentindo livre e apoiada é que a criança busca por novos conhecimentos e experiências.

Gostou deste texto? Agora, você já sabe como pode estimular o desenvolvimento de uma criança. Lembre-se de sempre apoiá-la e incentivá-la, sem cobranças excessivas. Quer ter acesso a outros conteúdos como este? Curta nossa página no Facebook agora mesmo e fique por dentro das principais dicas para educar seu(sua) filho(a).

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.