faculdades internacionais

Deseja que seu filho estude em uma faculdade internacional? Confira algumas dicas!

Você sabe quais são as vantagens de enviar o(a) seu(sua) filho(a) para uma instituição de ensino no exterior? Essa pode ser uma excelente oportunidade para o aprimoramento do(a) estudante, que pode ter contato com diferentes culturas, idiomas e países.

Nesse momento, é fundamental ter bastante planejamento e definir uma série de pontos para que o(a) aluno(a) aproveite ao máximo a experiência. Tudo deve ser bem definido para que a vivência realmente agregue valor à formação do(a) estudante.

Se o seu sonho é ver o(a) seu(sua) filho(a) estudando nas melhores faculdades internacionais, acompanhe a seguir e confira dicas sobre o assunto!

Quais são as vantagens das faculdades internacionais?

Grande parte das pessoas optam por estudar em uma instituição de ensino no exterior justamente pelo nível da qualidade educacional. No entanto, a vivência também pode favorecer uma série de aprendizados para o(a) aluno(a), que acaba tendo a chance de experienciar uma verdadeira imersão cultural em outro país, aprendendo mais sobre o idioma, os hábitos e costumes dos habitantes da região.

No geral, quem se forma em uma faculdade internacional tem muito mais chances de se destacar no mercado de trabalho. Isso porque quem estuda fora acaba desenvolvendo fluência em outro idioma logo no início da carreira profissional, podendo se candidatar a vagas em multinacionais e empresas nacionais que atuam no mercado internacional. 

As faculdades internacionais geralmente oferecem uma metodologia de ensino diferenciada, baseada, principalmente, na flexibilidade acadêmica. Isso permite que o(a) estudante possa escolher entre uma variedade de cursos e matérias, podendo também cursar duas graduações simultaneamente. 

O modelo de ensino conta com disciplinas de especialização e aprofundamento, proporcionando um desenvolvimento técnico e comportamental fundamental para o ingresso no mercado de trabalho. Sem dúvidas, a experiência agrega bastante ao currículo profissional e à vida do(a) aluno(a), que aprenderá a se adaptar em diferentes tipos de situações e culturas.

Como planejar o ingresso em uma faculdade internacional?

Estudar no exterior requer bastante planejamento e organização. O processo exige tempo e dedicação, sobretudo dos pais, que devem cuidar de todos os detalhes antes de enviar o(a) filho(a) para outro país. Será preciso, por exemplo, pesquisar e avaliar as faculdades, as cidades e regiões, organizar a documentação, realizar exames e comprar passagens.

Mesmo assim, todo o esforço e investimento certamente valerão a pena, pois o(a) estudante vivenciará uma aprendizagem diferenciada que será bastante valorizada em seu futuro. Assim, se você quer planejar a ida do(a) seu(sua) filho(a) para uma faculdade internacional de maneira segura, confira a seguir as dicas que preparamos sobre o assunto!

Defina o local em que o(a) filho(a) vai estudar

O primeiro passo é definir a universidade e país em que o(a) aluno(a) vai estudar. A escolha do destino exige bastante cuidado, pois é importante que o(a) seu(sua) filho(a) se sinta confortável, tenha referências e se adapte bem na região. Muitas vezes, a decisão pela instituição de ensino é um dos fatores que mais são levados em conta.

Mas, para além da qualidade do ensino oferecido, é fundamental que o(a) jovem fique tranquilo(a) e, de preferência, tenha domínio do idioma mais falado no país. Outro ponto a ser observado é se o local é seguro e receptivo aos estrangeiros. O importante é que o(a) estudante faça parte da decisão, afinal, ele é quem vai vivenciar o cotidiano na faculdade nos próximos anos.

Entenda as particularidades da universidade

Antes de escolher a instituição de ensino no exterior, também é fundamental entender bem suas particularidades e características. Será preciso, por exemplo, saber como ocorre o processo de seleção, quais são os requisitos exigidos dos alunos e, ainda, se é necessário apresentar diferenciais para estudar na faculdade. 

Existem instituições que oferecem diferentes tipos de experiência acadêmica. Algumas contam com infraestrutura de ponta, atividades extracurriculares, residência estudantil, clubes, associações, entre outros diferenciais. A escolha deve ser baseada principalmente nas necessidades que o(a) seu(sua) filho(a) tem, ou seja, no que ele(a) pretende se aperfeiçoar ou aprender.

Aprimore o idioma

Algo que deve fazer parte do topo do planejamento é a aprendizagem do idioma praticado no país da faculdade. Todas as atividades e aulas ocorrerão em uma língua estrangeira, por isso é importante que o(a) seu(sua) filho(a) realmente se prepare para vivenciar outro idioma em seu cotidiano. Ele(a) deve ficar atento em relação à gramática, vocabulário e às expressões praticadas na língua para apresentar melhores resultados e desempenho na faculdade.

O ideal é que os pais incentivem a aprendizagem da segunda língua desde cedo, matriculando o(a) filho(a) em um curso de idiomas. Até porque o(a) aluno(a) terá que apresentar, obrigatoriamente, aprovação em uma prova de proficiência. Esse tipo de avaliação, além de ser excelente para o currículo, também contribui para o(a) estudante ter uma vivência mais significativa e positiva de aprendizagem no país.

Entenda o perfil acadêmico do(a) filho(a)

Antes de matricular o(a) aluno(a) em uma instituição de ensino internacional, é fundamental levar em consideração seu perfil acadêmico. O ideal é que a faculdade ofereça diferenciais na área em que o(a) estudante deseja se aprofundar e se especializar.

Por exemplo, se o(a) seu(sua) filho(a) deseja fazer um curso de curta duração, será preciso pesquisar quais instituições de ensino oferecem esse tipo de modalidade. O importante é que a escolha esteja relacionada com a área de interesse profissional e acadêmica, podendo ser aproveitada nos próximos anos.

Mesmo que seja preciso cuidar de uma série de fatores, a experiência certamente será bastante proveitosa para o(a) estudante. Os pais, nesse momento, devem apoiar o(a) filho(a) da melhor forma, até mesmo para evitar que ele(a) passe por algum tipo de imprevisto no país.

Por isso, um dos critérios que devem ser considerados antes de optar entre as faculdades internacionais, é a segurança oferecida pela instituição de ensino. Mesmo assim, é sempre bom reforçar e conversar com o(a) seu(sua) filho(a) sobre a experiência e como ela será vantajosa para o seu futuro pessoal e profissional. Seguindo as nossas dicas, será muito mais fácil alcançar o sonho de conquistar uma vaga para estudar no exterior!

Gostou do conteúdo? Aproveite e siga o Colégio Academia nas redes sociais: Facebook, Instagram, YouTube e Flickr

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.