ginastica ritmica na escola

​Ginástica Rítmica: quais os benefícios da prática desse esporte na escola para os filhos?

Quando pensamos na prática de esportes na área educacional, a ginastica rítmica na escola é uma das modalidades extracurriculares mais populares e que oferece mais benefícios às diferentes faixas etárias.

No entanto, por apresentar exercícios de intensidades distintas, que demandam força e agilidade, o ideal é que seja iniciada na faixa etária de três a cinco anos — a fase em que a criança está se habituando à postura e ocorre o amadurecimento de sua coordenação motora fina e ampla.

Para informar você melhor sobre o assunto, preparamos este post e reunimos os principais benefícios oferecidos pela prática da ginástica rítmica na escola, bem como a importância desse esporte. Confira!

Desenvolvimento neuropsicomotor

O desenvolvimento neuropsicomotor acontece durante todo o processo de amadurecimento do ser humano. Por meio dele, é possível avaliar os avanços e atrasos na coordenação motora.

Assim, os movimentos trabalhados na ginástica rítmica são muito relevantes especialmente para criança em formação, pois a partir deles é possível criar a imagem corporal em que estão ligados corpo e inteligência emocional. Diante disso, a adoção da ginástica rítmica nas escolas facilita a criança a se desenvolver integralmente.

Concentração

A ginástica rítmica, apesar de estar dividida em várias modalidades, é um dos esportes mais acessíveis, que proporciona benefícios à criança com diferenciados perfis. Por exemplo, crianças que apresentam dificuldade de concentração e atenção são beneficiadas pelo esporte.

Dessa forma, a criança que pratica atividade física, especificamente a ginástica rítmica, consegue se autoconhecer melhor e se relacionar com mais facilidade, bem como alcançar novas habilidades de foco e socialização, além de potencializar as já existentes.

É importante enfatizar que as habilidades são alcançadas no tempo de cada criança, ou seja, umas podem demandar maiores períodos, outras, menores. Essas especificidades, no entanto, não anulam a capacidade delas.

Correção da má postura

Com ênfase ao desenvolvimento dos movimentos e da criança em si, a ginástica rítmica praticada com frequência e de maneira correta proporciona o condicionamento postural. Ou seja, por oportunizar uma série de movimentos, a postura correta é exigida e treinada continuamente em benefício do próprio corpo.

Autoconfiança

A prática da ginástica olímpica oferece a oportunidade do trabalho em equipe, mas também modalidades individuais. Assim, sua adoção individual desenvolve autoconfiança, estado psicológico que fica mais amadurecido e incentiva a competição de maneira saudável.

Dessa forma, sua prática proporciona crescimento, mas também descoberta de potencialidades e singularidades inseridas dentro do contexto escolar, que certamente tendem a refletir de forma positiva no processo de escolarização.

Coletividade

Uma das principais vantagens que a prática de esportes proporciona é a possibilidade de exercitar a coletividade. Assim, é de muita importância para que as crianças compreendam e aprendam a trabalhar e colaborar em equipe. Com isso, elas conseguem se relacionar melhor em grupo e aprimoram questões essenciais como ser humano e cidadão.

Equilíbrio e noção de ritmo

Por proporcionar grande ênfase aos movimentos e desenvolvimento do corpo integralmente, a ginástica rítmica permite, ao longo de sua prática, aperfeiçoar o equilíbrio e melhorar noções de ritmo, já que envolve ginástica e dança, trabalhando também a mente de quem a pratica.

Além disso, a ginástica rítmica proporciona bem-estar e fortalecimento da autoestima. Com isso, certamente os efeitos vão refletir positivamente no processo de escolarização.

Fortalecimento dos músculos e aumento da flexibilidade

Todo movimento realizado de maneira saudável e com orientação é favorável à saúde. Assim, a prática de exercícios proporciona um melhor condicionamento físico, e sua frequência causa maior fortalecimento dos músculos.

Diante disso, a ginástica, por ter abrangência em todos os músculos, favorece também o aluno integralmente e possibilita maior força muscular, bem como o aumento do nível de flexibilidade e do equilíbrio, de maneira gradativa.

No entanto, é preciso estar atento para evolução dos exercícios e ter cautela para que as dimensões pedagógicas sejam alcançadas. Ou seja, o planejamento deve respeitar as limitações e potencialidades de cada aluno, para que a atividade física seja feita de maneira prazerosa e agradável. Assim, será possível garantir resultados favoráveis tanto aos alunos quanto à escola.

Importância da ginástica rítmica na escola

Diante de todos os aspectos citados anteriormente, a ginástica rítmica tem muito a contribuir com o processo de escolarização de crianças, jovens e adultos, pois seus benefícios não são centralizados em uma só área, como a área motora, mas envolvem o corpo e a mente integralmente.

Assim, por um lado, a ginástica rítmica exercida frequentemente reflete de forma positiva em todo corpo, como no caso do aumento da flexibilidade, que costuma ser comprometida por problemas ligados ao sedentarismo ou mesmo a problemas de saúde.

Dessa forma, com a realização dessa modalidade de atividade física, os estudantes conseguem ter ganhos significativos no processo de escolarização. Isso porque um dos aspectos essenciais para o desenvolvimento motor de cada pessoa é a possibilidade de ter experiências saudáveis, que ajudem no aprimoramento de aptidões físicas.

Por outro lado, além das questões ligadas às habilidades físicas, a ginástica possibilita a educação moral e intelectual, contribuindo para a formação da criança como um todo. Ainda assim, é preciso que sejam oferecidas as condições necessárias para que ela aconteça de maneira correta e estruturada. Somente assim é possível proporcionar esses benefícios.

Por fim, as atividades coletivas realizadas por meio da ginástica rítmica proporcionam uma base sólida para trabalho em equipe, bem como impulsionamento de habilidades de liderança.

Caso a criança se interesse por participar de competições futuramente, a exposição a esse ambiente de grupo desde cedo será fundamental para que ela aprenda a lidar com situações competitivas de forma saudável, ou seja, com empatia, confiança e foco.

Como pode ser observado, a ginástica rítmica na escola ultrapassa os aspectos físicos, pois está relacionada a todo o desenvolvimento da criança que a pratica. Dessa forma, contar com esse tipo de atividade é tão importante quanto as outras disciplinas trabalhadas na escola. Assim, é muito relevante a adoção dessa modalidade de esporte nas escolas como parte fundamental e complementar do processo de escolarização dos estudantes.

E aí, gostou do post? Então, continue conosco e confira todas as atividades desenvolvidas em nossa escola! Veja as opções disponíveis em nosso núcleo artístico.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.