hábitos saudáveis para crianças

Hábitos saudáveis para crianças e adolescentes: como incentivar?

Somos constantemente bombardeados com a importância da prática de atividades físicas, de uma alimentação saudável e de muitos outros pontos que contribuem para uma melhor qualidade de vida. Mas você sabia que os hábitos saudáveis para crianças e adolescentes também são fundamentais?

É isso mesmo! Os cuidados com a saúde também devem ser uma prioridade desde a primeira infância e ao longo de toda a adolescência. Afinal, eles são essenciais para preparar os jovens para o mundo e para mantê-los saudáveis, com a mente afiada para aprender, criar, desenvolver-se e se divertir.

Quais são esses hábitos? Continue a leitura e descubra algumas mudanças que, quando feitas, trazem inúmeros benefícios para a qualidade de vida das crianças e dos adolescentes, permitindo que eles atinjam todo o seu potencial em todas as áreas e fases da própria jornada. Vamos lá!

Estimule a prática de atividades físicas

O primeiro passo para a promoção de hábitos saudáveis na infância e na adolescência é o incentivo à prática regular de atividades físicas. Essa é uma prioridade para uma vida cheia de saúde e de energia.

Na infância, os esportes são liberados, mas o incentivo às brincadeiras também deve ser frequente. As crianças gastam muita energia simplesmente correndo e se divertindo. Por isso, basta viabilizar esse tipo de atividade no dia a dia.

Os adolescentes já não brincam mais e, por isso, precisam ser estimulados de outra forma. Seja com a prática de atividades em uma academia (sempre com supervisão), seja com a prática de esportes, não importa. O que vale é permitir que eles escolham com base nas próprias preferências.

Defina limites ao uso de aparelhos eletrônicos

A tecnologia é uma grande aliada no desenvolvimento infantil e também na adolescência. Na educação, permite o trabalho simultâneo de muitas competências e prepara os estudantes para o mercado de trabalho, que exige pessoas cada vez mais capacitadas digitalmente.

No entanto, é preciso haver um equilíbrio. Trabalhar atividades longe das telinhas (tanto do celular quanto do computador) também é muito importante, especialmente na infância, quando o cérebro dos pequenos ainda está se desenvolvendo a todo vapor.

Na adolescência, o uso exagerado da tecnologia também pode trazer problemas nos estudos, prejudicando o rendimento. Por isso, oriente os seus filhos a se afastarem dos smartphones na hora dos estudos e, sempre que possível, monitore se isso realmente vem sendo feito.

Proponha uma alimentação mais saudável

Outra dica indispensável diz respeito à alimentação. A nutrição é a base para uma vida saudável, já que é a partir dela que obtemos todos os aminoácidos, as vitaminas, os minerais e os outros tipos de nutrientes essenciais para que o nosso corpo funcione como deve.

É preciso, é claro, sempre respeitar as preferências pessoais de cada criança ou adolescente, mas estimulando o paladar de maneira eficiente. Caso os seus filhos não gostem de cenouras cruas, por exemplo, que tal cozinhá-las? Diferentes preparos trazem resultados também diversos!

Além disso, tente incluir as crianças e os adolescentes no preparo das refeições. A contribuição (especialmente na infância) ajuda muito no contato e na familiarização com os ingredientes, aproximando-os da própria comida e incentivando o interesse pela alimentação.

Determine horários para acordar e para dormir

Boas noites de sono são essenciais para o corpo. Afinal, é nesse momento que fixamos memórias, consolidamos o aprendizado do dia e também renovamos a nossa energia, ficando prontos para o próximo dia.

Uma das grandes inimigas do sono reparado é a ausência de rotina no que diz respeito à hora de ir para a cama e de se levantar. Por isso, é preciso que os pais e responsáveis trabalhem a fim de melhorar esse aspecto do dia a dia dos seus filhos.

Ademais, lembre-se: na hora de dormir, nada de eletrônicos! Eles prejudicam a produção de melatonina, uma substância essencial para que possamos adormecer. Por isso, cerca de meia hora antes do momento de deitar, incentive os seus filhos a lerem um livro ou ouvirem músicas relaxantes, de preferência sob uma luz mais baixa.

Estimule o hábito da leitura

Já que falamos sobre os livros, então, é hora de falarmos sobre a importância do incentivo do hábito da leitura. Ninguém nasce completamente apaixonado por ela, por isso é preciso que os pais trabalhem essa questão no cotidiano.

Com as crianças pequenas, a dica é sempre ler para elas, aproximando-as dos livros a partir da paixão pelas histórias. Depois, é possível incentivá-las a criarem os próprios livros ilustrados e pedir que elas leiam as obras para a família quando finalizadas.

Os adolescentes precisam do incentivo por meio do acesso aos livros e, quem sabe, a partir de filmes e de séries baseados nessas obras. Uma boa dica é comprar um e-reader, dispositivo que permite que livros digitais sejam carregados para todos os lugares sem pesar na mochila.

Valorize os interesses pessoais

Cada pessoa é completamente única e é justamente essa a beleza da vida. Muitos de nós temos interesses na infância que acabam sendo esquecidos à medida que crescemos. Evite essa realidade e incentive as preferências dos seus filhos!

Os gostos pessoais podem ser variados, tanto em livros, quanto na música, quanto em um esporte ou até mesmo em um hobbie. Há crianças que são apaixonadas por teatro, outras por um país específico, outras já gostam de cozinhar. Perceba essas nuances e trabalhe com elas.

O mesmo é válido para os adolescentes, que precisam ter os seus sonhos e as preferências estimulados a fim de manterem uma mente saudável e, portanto, um corpo também são. Tudo está conectado!

Dê o exemplo

Por fim, não deixe de dar o exemplo. Se você deseja que os seus filhos tenham hábitos saudáveis, é importante colocar toda a família na mesmíssima página. Afinal, não podemos exigir aquilo que não damos, certo?

Além disso, a participação familiar gerará mais interesse por parte das crianças e dos adolescentes, facilitando o processo de mudança dos hábitos. É muito mais fácil caminhar acompanhado!

Vale, ainda, lembrar que as crianças e os adolescentes se inspiram muitíssimo em seus responsáveis. Logo, fique de olho nas próprias atitudes e seja aquilo que você deseja que os seus filhos se tornem no futuro.

Gostou de conhecer essas ideias de como estimular os hábitos saudáveis para crianças e adolescentes? Agora, é hora de implementar as dicas em seu núcleo familiar, lembrando-se de sempre dar o exemplo para que os jovens possam se inspirar em referências positivas. Mãos à obra!

Inclusive, para que outras pessoas possam conhecer essas dicas, que tal compartilhar o artigo em suas redes sociais? Assim, você contribui para que mais famílias se tornem mais saudáveis e possam passar bons momentos juntas!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.