metodologias de estudo

Confira 6 metodologias de estudo ideais para auxiliar os filhos

A educação é uma responsabilidade de todos. Portanto, tanto educadores quanto a família devem se empenhar ao máximo para garantir que o aprendizado das crianças seja o mais eficiente possível. Dito isso, a importância das metodologias de estudo é inestimável nesse cenário.

Metodologias de estudo são métodos que visam aprimorar a aprendizagem, tornando-a mais fácil, didática e otimizando os resultados obtidos pelos alunos. É importante testar cada uma delas e ver qual se aplica melhor ao caso do(a) seu(sua) filho(a)!

E então, tudo pronto para conhecer melhor a importância e algumas das metodologias mais importantes? Continue a leitura e saiba tudo sobre elas!

Qual é a importância das metodologias de estudo?

De acordo com alguns especialistas, há muitos tipos de inteligência. Há pessoas, por exemplo, que aprendem melhor escutando. Outras, por sua vez, fixam o conteúdo a partir da escrita ou leitura. Há, ainda, aqueles que conseguem mais conhecimento por meio de músicas ou “colocando as mãos na massa”.

Se há tantos modos de aprendizagem, nada mais natural do que compreender que nem sempre o ensino tradicional servirá para todos, não é mesmo?

Pensando nisso, a implementação de metodologias de ensino como a Cultura Maker foi criada. Mas estudar em casa também é essencial para consolidar o aprendizado e fazer revisões. É aí que entram as metodologias de estudo, que podem ser adaptadas para cada tipo de inteligência.

Quais são as metodologias de estudo mais eficientes?

Agora, conheceremos algumas opções de metodologias de estudo que são superfamosas e muito eficientes para a maioria dos estudantes. Vamos lá?

1.  Técnica Pomodoro

Essa é uma das metodologias de estudo mais populares. Ela consiste na utilização de blocos de tempo para os estudos, seguidos por um período de descanso. Exemplo: você estuda por 30 minutos e faz uma pausa de 5.

Essas pequenas “recompensas” fazem com que o aprendizado se torne mais produtivo. É possível utilizar aplicativos de celular para implementar o método, mas fique de olho: é importante começar aos poucos e verificar se as pausas não vão trazer mais prejuízos do que benefícios.

2.  Intercalação de matérias

Seus filhos não conseguem se concentrar caso passem muitas horas estudando o mesmo conteúdo? Então, talvez fazer uma intercalação seja a solução ideal. Que tal estudar uma hora de cada matéria do dia e fazer uma espécie de rotação entre elas?

Lembrando que, novamente, essa não é uma técnica que se adequa para todo mundo. Algumas pessoas acabam rendendo mais estudando um conteúdo por horas e horas seguidas. Faça o teste com o(a) seu(sua) filho(a) e descubra!

3.  Uso de mapas mentais

Os mapas mentais são ferramentas excelentes para a construção de boas revisões. Eles consistem em uma espécie de diagrama que traz as principais informações sobre o conteúdo, todas com fácil visualização.

Eles são conhecidos por serem coloridos e bem diretos, o que facilita bastante na hora de revisar. Para construí-lo, no entanto, o(a) estudante precisa fazer um estudo minucioso da matéria e ter o bom senso de saber o que é mais importante. Ao bater o olho semanas depois, ele(a) se lembrará de todo o conteúdo!

4.  Elaboração de resumos

Além das palavras-chave utilizadas nos mapas mentais, os resumos também podem ser muito úteis, especialmente para aqueles que aprendem enquanto escrevem o conteúdo. São, portanto, uma boa ferramenta para o primeiro contato com a matéria e para as revisões.

Novamente, é preciso cuidado para que os resumos não fiquem muito extensos. Você pode perder um tempo extra com explicações sobre alguns conceitos, mas o ideal é que eles não sejam longos e maçantes.

5.  Utilização de flashcards

Quem descobriu o Brasil? Pedro Álvares Cabral! Essa é a ideia central dos flashcards, ou cartões de memorização. Eles devem trazer um conceito em um lado e, no verso, a resposta para o seu significado.

Esse tipo de método de estudo é muito eficiente, especialmente para estudos em grupo. No entanto, também podem ser utilizados por apenas uma pessoa. São importantíssimos para revisões periódicas, a fim de manter o assunto sempre fresco na cabeça. Com fórmulas, então, são ainda melhores!

6.  Resolução de questões

Por fim, não podemos deixar de mencionar toda a importância da resolução de questões para o aprendizado. Além de ajudar na fixação do conteúdo, essa técnica ajuda no preenchimento de lacunas no aprendizado e faz com que a revisão seja feita de maneira prática.

Além das questões, que devem fazer parte do dia a dia do estudante, é importante programar também um tempo para a resolução de simulados. Eles ajudam na familiarização com o estilo da prova, sendo uma ótima forma de estudar para o Enem e outros vestibulares.

Quais são as vantagens desse tipo de estratégia?

Implementar técnicas diferentes de estudo é algo muito vantajoso para os estudantes, sejam eles crianças ou adolescentes. Na hora de caprichar na preparação para o Enem, então, elas se tornam ainda mais relevantes.

Algumas das vantagens observadas são:

  • mais facilidade para aprender o conteúdo;
  • revisões mais eficientes;
  • assimilação mais rápida das matérias;
  • treinamento contínuo para o Enem e vestibulares em geral;
  • notas mais altas nas provas prestadas;
  • redução da ansiedade nos estudos;
  • melhor aproveitamento geral.

Com tudo isso, é óbvio que o(a) estudante passa a ter muito mais qualidade de vida, não é mesmo?

Como implementar as técnicas de estudo da maneira adequada?

A implementação das técnicas mencionadas deve ser feita de maneira progressiva. Outra dica é sempre testar mais de uma metodologia, a fim de encontrar aquela que mais combina com o(a) seu(sua) filho(a).

Para fazer isso, que tal ajudá-lo(a) a elaborar um bom cronograma de estudos? Assim, fica mais fácil encaixá-las na rotina e, dessa forma, descobrir qual funciona melhor.

Lembrando que não é preciso utilizar apenas um recurso, ok? Vocês podem utilizar mais de um simultaneamente, reservar alguns para determinadas disciplinas, etc. O que importa é fazer com que o aprendizado seja mais consistente.

Agora que já conhecemos as metodologias de estudo, sabemos as suas vantagens e aprendemos a implementá-las no dia a dia, não há tempo a perder! Ajude o(a) seu(sua) filho(a) a descobrir qual técnica mais combina com ele(a) e participe desse processo de aprendizagem.

Para não perder nenhuma novidade ou dica de estudo, não deixe de curtir a página do Colégio Academia no Facebook! Por lá, postamos um montão de novidades e informações preciosas para pais e alunos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.