organização para crianças

Veja como ensinar noções de organização para crianças

Ensinar organização para crianças parece ser uma tarefa impossível e representa, certamente, um grande desafio para os pais, que muitas vezes acabam deixando esse assunto de lado. No entanto, é perfeitamente possível fazer com que os pequenos se tornem gradativamente mais organizados e disciplinados.

Investir e insistir nesse assunto é muito importante para a formação de importantes habilidades nas crianças. Quando desenvolvidas logo na infância, farão com que a adaptação social de seu(sua) filho(a) ocorra de forma muito mais suave na adolescência e na vida adulta.

Mas, afinal, como superar esse obstáculo na educação infantil? A seguir, falaremos mais sobre esse assunto e traremos algumas dicas valiosas para que isso seja feito de uma maneira divertida e interessante para todos os envolvidos. Vamos lá?

Quais são os benefícios de ensinar organização para crianças?

Ensinar organização para os pequenos é algo que vai muito além de motivos meramente práticos. Obviamente, é muito importante orientá-los sobre a importância de deixar o quarto sempre com tudo em seu devido lugar — mas essa é uma atitude que pode render frutos incríveis para seu(sua) filho(a) no futuro.

Uma pessoa organizada, em geral, também é alguém que:

  • tem disciplina;
  • tem boas noções de responsabilidade;
  • sabe organizar bem os pensamentos;
  • consegue se comunicar melhor;
  • tem a capacidade de lidar com horários;
  • sabe conduzir o autoconhecimento;
  • se sai melhor em situações acadêmicas e profissionais.

Por isso, trabalhar essa questão é um investimento de longo prazo, tanto para a vida escolar quanto profissional de seu(sua) filho(a). Que tal, então, sabermos como fazer isso de maneira objetiva?

Como ensinar organização para crianças com praticidade?

Agora, veremos algumas dicas que podem ajudá-lo a inovar e aprender os conceitos de organização de modo divertido, objetivo e interessante. Vamos lá?

Observe as preferências da criança

Identificar o que a criança gosta de fazer é um ótimo jeito de começar a investir nesse aprendizado tão importante. Afinal, ela se sentirá muito mais motivada se iniciar lidando com aquilo que a faz feliz.

Por isso, se seu(sua) filho(a) gosta de desenhar, que tal sugerir que ele(a) organize seus materiais de desenho? Ou, se ele(a) gosta de livros, pedir que os deixe sempre arrumadinhos na estante? Em um primeiro momento, é sempre bacana direcionar os pedidos às preferências do(a) pequeno(a).

Faça uma lista de atividades

Após um certo tempo, podemos começar a trabalhar com listas maiores. Adicione mais um ou dois itens. Lembre-se de que todo esse processo precisa ser gradual, evitando a sobrecarga, que pode gerar ansiedade e desmotivação.

Esse avanço pouco a pouco é extremamente importante para que tudo passe a fazer sentido na cabeça da criança. É importante se colocar no lugar dela, que está vivenciando uma série de experiências simultaneamente, e pegar leve no quesito emocional.

Ensine o conceito de prioridades

A partir do momento em que a criança começar a lidar com mais de uma ação em sua lista, é hora de introduzir outros conceitos importantes. Um deles é o de prioridades, algo fundamental para a vida.

Em dias atípicos (consultas médicas, visitas à casa dos avós e outros), converse com ele(a) sobre a questão da falta de tempo para executar todas as tarefas listadas e peça que escolha apenas uma para realizar, deixando as demais para o dia seguinte.

Ajude-o a organizar a mochila

Um ponto muito importante e que não pode ser deixado de fora da lista é a organização da mochila. É importante criar uma rotina nesse aspecto, pedindo para que seu(sua) filho(a) sempre deixe tudo arrumado antes de dormir.

No entanto, não o(a) deixe fazer isso sozinho(a)! O apoio dos responsáveis é fundamental para que ele(a) não se esqueça de nada. Faça desse um momento de interação entre vocês e repasse, junto a ele(a), as matérias que serão estudadas no dia seguinte, os recados na agenda, entre outras coisas.

Peça para que a criança mantenha o quarto organizado

Quando tudo isso estiver bem claro para a criança, é hora de passar para desafios maiores. Agora, incentive a organização do quarto como um todo, mostrando a importância, por exemplo, de colocar os objetos de volta em seus lugares após o uso.

Uma vez por semana (ou na frequência que você julgar necessária), junte-se ao(à) seu(sua) filho(a) para ajudá-lo(a) em uma organização geral, como uma faxina. Isso o(a) fará perceber a dimensão da importância da organização diária e como ela facilita esse processo no final.

Peça ajuda para cuidar dos pets

Outra maneira de incentivar a organização é pedir ajuda com os cuidados dos bichos de estimação da casa. Esse, inclusive, é um ótimo modo de trabalhar também a questão da responsabilidade e do bem-estar de outro ser vivo.

Peça ajuda, por exemplo, para repor a ração nos potinhos uma vez ao dia ou para higienizar a caixinha de areia no caso dos gatos, se a criança já estiver apta a esse tipo de atividade. Cuidar do seu pet fará com que ela se sinta realmente parte das tarefas da casa!

Incentive o início de uma coleção

Quando criança, você tinha uma coleção? Muitas pessoas passam pela infância sem ter colecionado nada. Então, que tal incentivar seu(sua) filho(a) a esse tipo de atividade?

Além de divertidas, as coleções incentivam a curiosidade e, claro, a organização. Catalogar, contar os itens e deixá-los devidamente arrumados é algo que é feito naturalmente nesse caso.

Preparem as marmitas da semana juntos

Para fechar nossas dicas, podemos citar uma estratégia que será vantajosa para todos os membros da casa: preparar as refeições para toda a semana. Em um domingo, por exemplo, reúna seu(sua) filho(a) e outros membros da família para fazer essa atividade!

Deixe tudo devidamente cortado e preparado e, em seguida, congele as porções. Além de ser importante para a organização e otimização do tempo, essa atitude deixa as crianças mais próximas do próprio alimento e esse pode ser, sem dúvida, um incrível momento de interação para toda a família.

E aí, gostou das dicas para ensinar organização para crianças? Tudo isso demanda um certo tempo, mas costuma funcionar muito bem. Além disso, lembre-se de que os pequenos precisam de tempo livre para brincar e estimular sua imaginação e criatividade. Por isso, nada de sobrecarregá-los com tarefas.

Para mais dicas como essas, curta nossa página no Facebook! Por lá, estamos frequentemente publicando novidades e interagindo com outros pais e responsáveis, atitudes que podem contribuir bastante para seu aprendizado sobre o universo infantil. Aguardamos sua visita!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.