pism 1

Pism I: entenda como funciona e os temas mais comuns

Se você é aluno (a) do ensino médio e deseja ingressar na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), provavelmente já ouviu falar do Programa de Ingresso Seletivo Misto. Esse método é dividido em 3 módulos conhecidos como Pism 1, Pism 2 e Pism 3. Cada um corresponde a um ano do ensino médio.

Essa modalidade é uma alternativa de entrada na Universidade de Juiz de Fora, além da disponibilizada pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) precedido pelo Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Como é dividida em 3 módulos, a primeira prova é realizada pelo (a) aluno (a) que está no 1º ano do ensino médio. Se você quer saber mais detalhes sobre essa avaliação, continue lendo este texto!

O que é o programa de Ingresso Seletivo Misto (PISM)?

Atualmente, muitas universidades públicas federais do país aceitam o ingresso de novos alunos apenas por meio da prova do ENEM. A UFJF, entretanto, apresenta esse grande diferencial, já que oferece mais uma oportunidade aos alunos para ingressarem na faculdade por meio de um processo seletivo seriado.

O Programa de Ingresso Seletivo Misto (PISM) é avaliado por muitos educadores como uma das melhores alternativas de ingresso para os alunos. Afinal, a prova é dividida em três módulos de avaliação e, em cada uma delas, o conteúdo é elaborado com os ensinamentos do respectivo ano e dos módulos anteriores.

Se no ENEM o (a) aluno (a) deve fazer uma única prova de cada matéria que abrange todo o conteúdo do ensino médio, no PISM o (a) estudante faz uma prova de cada matéria a cada ano. Ou seja, somente no módulo III o conteúdo cobrado é referente à grade curricular de todo o ensino médio.

Além disso, com o processo de avaliação seriada o (a) candidato (a) pode aprimorar seudesempenho ao longo das etapas. Outra vantagem é que o peso da prova do módulo I é menor do que o da prova do módulo III, possibilitando que o (a) aluno (a) amadureça e melhore seu desempenho ao longo dos 3 anos.

Para participar do PISM 1, o (a) estudante deve estar cursando o 1º ano do ensino médio, o 2º ano de curso técnico cuja duração seja de quatro anos, ou alguma modalidade supletiva como a Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Como é organizada a prova do PISM 1?

Como já dissemos, o Pism 1 é uma prova voltada para alunos cursando o primeiro ano do ensino médio. Se o (a) estudante realiza a inscrição no primeiro módulo, não é necessário definir um curso ou uma cota. Esse é outro diferencial do sistema: os candidatos realizam sua escolha apenas no módulo III, quando estiverem mais decididos em relação ao curso que pretendem fazer.

Outro ponto positivo é que o (a) aluno (a) não é excluído (a) do processo se tiver alguma prova do módulo I ou II zerada. Existem outros pontos interessantes sobre esse processo seletivo que devem ser conferidos.

Distribuição de notas

A nota máxima do certame é de 1300 pontos, que são cumulativos e divididos ao longo dos módulos. No primeiro módulo, o valor da prova é de 120 pontos, que devem ser multiplicados por 2. Ou seja, a nota máxima é 240 pontos. 

No módulo II, a prova também vale 120 pontos, mas o peso é 3. Ou seja, o (a) aluno (a) pode alcançar 360 pontos.

Já no módulo III, o valor da prova é de 140 pontos que devem ser multiplicados por 5, totalizando 700 pontos. A divisão pode parecer desproporcional, mas ajuda os alunos que, mesmo não tendo um bom resultado no PISM 1 e 2, conseguem a aprovação realizando uma boa prova no PISM 3.

Aplicação da prova

A prova do PISM 1 acontece em dois dias, normalmente sábado e domingo, e tem duração máxima de 4 horas e 30 minutos. 

No primeiro dia, os alunos fazem as questões objetivas e discursivas de Português, Geografia, Matemática e Química. No segundo, é a vez das questões objetivas e discursivas de Literatura, Biologia, Física e História, sendo cinco questões objetivas e duas discursivas em cada conteúdo.

Matérias cobradas

A Coordenação Geral de Processos Seletivos (Copese), organizadora da prova, sempre divulga junto ao edital oconteúdo programático de cada módulo. Mas, realizando uma análise das provas de anos anteriores, é possível encontrar temas mais recorrentes em cada matéria. 

Português

A prova de Língua Portuguesa de 2018 do primeiro módulo foi considerada de nível médio de dificuldade. A banca cobrou interpretação de texto e elementos gramaticais, focando na variação linguística e análise morfossintática dos verbos. 

Na avaliação discursiva, foi cobrado o conhecimento sobre a interpretação e identificação do pronome “onde” na aplicação do texto.

Geografia

Em Geografia, a prova foi categorizada mais como interpretativa do que conteudista. Abordou questões bem tradicionais relativas à cartografia, solo e geologia. A banca deu ênfase nas questões ambientais, cobrando esse conhecimento tanto na parte objetiva quanto na discursiva, avaliando o conhecimento do (a) aluno (a) sobre assuntos atuais.

Matemática

Analisando a prova de 2018 do PISM 1, a avaliação de matemática foi considerada de nível fácil e médio. As questões cobradas tinham relação com assuntos de álgebra e geometria. 

A Copese também elaborou uma questão relativa à logaritmo, considerada a mais difícil da prova. Nas questões discursivas, a banca explorou conceitos de função quadrática e teorema de Pitágoras.

Química

Na prova de Química do mesmo ano, as questões vieram dentro da expectativa baseada nos conteúdos abordados em anos anteriores. A prova cobrou conhecimentos relativos à estrutura atômica, tabela periódica, nomenclatura e ligações químicas. Na parte discursiva, as perguntas trataram de geometria molecular, estado físico e ebulição de substâncias.

Literatura

Em 2018, a prova de literatura também foi de nível médio de dificuldade e exigiu que os alunos soubessem ler e analisar os textos, baseados em uma forte crítica social relativa às condições da classe trabalhadora no Brasil. A banca destacou as relações de escravidão ainda existentes, dialogando com a canção da mesma temática de Gonzaguinha.

Para as questões discursivas, a banca elaborou perguntas segundo um texto de Guimarães Rosa, exigindo o conhecimento relacionado à intertextualidade e capacidade interpretativa.

Biologia

Com um edital amplo, o módulo I da prova realizada em 2018 focou suas perguntas na parte de citologia. Os demais assuntos abordados tiveram relação com bioquímica celular e histologia animal, questionando sobre organização celular e seu funcionamento.

Física

A prova de física é uma das mais temidas pelos alunos, principalmente as questões discursivas. Na parte objetiva, a Copese criou questões sobre velocidade, força e energia. Já na parte discursiva, as perguntas eram relativas ao teorema do impulso, lançamento, trabalho e conservação de energia.

História 

Na prova de história do PISM 1, as questões contemplaram 3 períodos históricos: antiguidade clássica, idade média e moderna. A banca também destacou os processos históricos em relação à realidade atual e privilegiou aspectos culturais, principalmente relativos à matriz africana.

Foi possível perceber que esse programa seriado é uma excelente oportunidade de acesso à UFJF e que, se ospais auxiliarem na organização dos estudos do primeiro ano do ensino médio, a chance de os alunos tirarem uma boa nota no PISM 1 é muito maior.

Gostou do nosso texto? Que tal compartilhá-lo nas redes sociais e ajudar outras pessoas a entenderem melhor sobre o PISM 1?

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.