reconhecer emoções

Por que as crianças precisam reconhecer emoções e como ajudar?

A infância é um período de muitas mudanças e descobertas. Nessa idade temos páginas em branco, prontas para serem desenhadas e se transformarem em grandes obras de arte. Os adultos do futuro começam a se desenvolver nessa etapa e, por isso, todo cuidado é pouco para garantir um desenvolvimento pleno.

Um dos pontos mais importantes desse processo é mostrar às crianças como reconhecer emoções. Sejam as suas próprias ou as dos outros, é fundamental que elas saibam como identificar sinais e aprendam, também, a lidar com os diferentes sentimentos que podemos experimentar ao longo da vida.

Mas, afinal, como ampliar o repertório emocional da criançada? Quais são as técnicas para ajudá-las a compreender melhor esse conceito? Qual é a importância de reconhecer emoções para a infância e para a vida adulta? Descubra todas as respostas a seguir!

O que é o repertório emocional?

É o nome dado ao conjunto de emoções experienciadas pelos seres humanos. O nosso repertório varia de acordo com as nossas próprias experiências, mas todos nós conheceremos os sentimentos a seguir em alguma fase das nossas vidas. Vamos descobrir como é feita a divisão?

Felicidade

A felicidade é o objetivo de todos nós na vida. No entanto, é também um sentimento ou estado de espírito, que demonstra satisfação e alegria com o momento pelo qual estamos passando. Reconhecer essa sensação é importante para que possamos aprender a guiar nossos objetivos e a fazer escolhas acertadas para a vida.

Tristeza

Da mesma forma, a tristeza é um ótimo termômetro de nossas escolhas. E todos nós ficaremos tristes em algum momento das nossas vidas! É fundamental aprender a lidar com as frustrações desde a primeira infância, a fim de desenvolver competências como a resiliência e a determinação.

Medo ou Surpresa

As crianças passam, por volta dos 5 aos 7 anos, pela chamada “fase do medo”. Nela, eles aprenderão a lidar com seus temores e a enfrentá-los da melhor maneira possível. Aproveite para demonstrar o seu apoio e, sempre que possível, ajudá-los no reconhecimento desse sentimento.

Raiva ou nojo

Quem nunca sentiu raiva, não é mesmo? As crianças, no entanto, não sabem muito bem como lidar com esse sentimento. É por isso que vemos as famosas “birras”, que costumam ser responsáveis por momentos desagradáveis entre os pais e os filhos. É importante manter a calma e passar essa sensação para os pequenos, ajudando-os a lidar com essas emoções.

O foco é mostrar às crianças quais são esses sentimentos assim que elas os experimentarem, a fim de que elas possam associar as sensações aos conceitos, se conhecerem melhor e, assim, conseguirem lidar com tudo isso de forma mais sábia.

Qual é a importância de reconhecer as emoções?

O reconhecimento das emoções nos ajuda a desenvolver uma competência socioemocional fundamental para o convívio em sociedade: a inteligência emocional. Com ela, nos tornamos mais equilibrados e aptos a superar os obstáculos que aparecem em nosso caminho. Saiba mais sobre as vantagens de reconhecer as emoções a seguir!

Mais autoconhecimento

O autoconhecimento é essencial para as nossas vidas. Com ele, conhecemos os nossos limites e aprendemos a nos relacionar com o mundo ao nosso redor.

Melhora nas relações interpessoais

Conhecer e saber lidar com as emoções é um ponto crucial para que possamos, também, interagir melhor com outras pessoas. Afinal, passamos também a compreender melhor as emoções vividas pelo outro.

Mais oportunidades no mercado de trabalho

Muitos empregadores buscam funcionários com uma boa inteligência emocional, para que o ambiente de trabalho seja mais produtivo e agradável. Assim, trabalhar isso também é um investimento para a carreira do futuro da criança.

Redução do estresse

Quando temos inteligência emocional, nos tornamos pessoas menos estressadas e ansiosas. Isso colabora para a promoção de uma mente mais saudável e equilibrada.

Prevenção de problemas de saúde

Por fim, a redução do estresse, a melhora da produtividade no trabalho e a otimização das relações interpessoais fazem com que tenhamos mais qualidade de vida e, portanto, menos problemas de saúde.

Como ajudar as crianças a reconhecer emoções?

Agora, veremos algumas dicas para promover o desenvolvimento dessa habilidade tão importante!

Incentive a leitura

A partir da leitura, as crianças desenvolvem uma grande variedade de habilidades. Dentre elas, podemos citar a empatia (fundamental para o reconhecimento de emoções no próximo) e o autoconhecimento. Além disso, essa é uma ótima oportunidade para que elas possam conhecer emoções que ainda não sentiram!

Promova sessões de cinema

Além de ser uma ótima ideia de programa em família, as sessões de cinema podem ser muito educativas para os pequenos. O filme Divertidamente (2015) é um ótimo exemplo de animação que nos ensina muito sobre as emoções que carregamos dentro de nós.

Estimule a realização de tarefas diversas

Por meio de diferentes tarefas, a criança aprende a conviver com suas emoções e com a criação de expectativas. E não importa se estamos falando sobre organizar os brinquedos ou trocar a comida do cãozinho ou gatinho de estimação — tudo é muito válido para que o(a) pequeno(a) possa entrar em contato com novas emoções.

Permita que ela viva experiências múltiplas

Além das tarefas, é importante que a criança se veja frente a diferentes situações para, assim, ampliar o seu repertório emocional. Tudo isso sempre com supervisão e a orientação dos familiares sobre o que estão sentindo!

Estimule a independência

A autonomia da criança também deve ser trabalhada frequentemente. É importante permitir que elas corram riscos de forma segura, a fim de descobrirem os próprios limites e aprenderem a lidar com os desafios e situações adversas de maneira rápida e eficiente.

Tenha um diálogo sempre aberto

Por fim, a dica é: mantenha um bom diálogo com os seus filhos. Essa dica é fundamental em qualquer aspecto da educação e desenvolvimento infantil, sendo também muito importante para quem deseja explicar mais sobre os sentimentos para a criançada.

Gostou de saber mais sobre a importância de as crianças saberem como reconhecer emoções? Agora, é hora de colocar as dicas em prática para que o desenvolvimento infantil seja pautado na formação de adultos mais responsáveis, equilibrados e empáticos. Esse é o caminho para uma cidadania ampla e eficiente!

Aproveite e compartilhe este artigo em suas redes sociais. Assim, os seus amigos e conhecidos poderão conhecer as dicas mencionadas ao longo do texto e aplicarem com os seus próprios filhos.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.