técnicas de memorização

Conheça 7 técnicas de memorização para ajudar os filhos nas provas

O desempenho dos alunos na escola depende de vários fatores, entre eles, o sucesso nos testes e provas. Para conseguir resultados melhores, uma boa solução é utilizar técnicas de memorização que auxiliarão a fixar as matérias e ensinarão a estudar de maneira mais eficiente. Os pais podem ajudar ao apresentar essas técnicas para seus filhos e demonstrar interesse no desenvolvimento deles. Algumas crianças podem ter dificuldade em determinado assunto. Sendo assim, o acompanhamento da família é importante para detectar essa carência e incentivar o esforço e dedicação.

Neste artigo, falaremos sobre a importância dos pais darem apoio nos estudos e também mostraremos sete técnicas de memorização que podem ajudar nesse processo. Acompanhe o post!

A importância do apoio dos pais nos estudos O apoio dos pais nos estudos pode contribuir para o aumento do rendimento escolar e trazer benefícios para as crianças. Muitas vezes, os filhos não conseguem manter uma rotina diária de estudo e encontram dificuldades em determinadas matérias e exercícios. O pai ou a mãe que acompanham podem ajudar a elaborar um cronograma eficiente e monitorar se ele está sendo cumprido, além de responder algumas dúvidas que podem surgir durante as atividades.

Outro fator importante é a percepção do(a) filho(a), que, ao ver que os pais se preocupam com o seu rendimento, pode se sentir mais valorizado e amado. O reconhecimento das pequenas vitórias e bons resultados em provas, por parte dos pais, também contribui para a autoestima da criança e a incentiva a continuar estudando e conseguindo boas notas. O acompanhamento de perto, mas sem cobrança exagerada, também permite que os pais percebam algum problema que o(a) filho(a) pode estar passando, como dificuldade grande em alguma matéria ou a falta de concentração. Desse modo, é possível procurar solucionar essas adversidades e dar atenção a matérias que precisam de mais esforço.

As técnicas de memorização

Existem algumas técnicas a serem aprendidas que podem ajudar seu(sua) filho(a) a obter resultados melhores nas provas. Vamos conhecer sete delas!

1. Construir o palácio da memória

É uma técnica antiga, mas ainda promete excelentes resultados. Ela consiste em usar a memória espacial para fixar nomes, fatos ou listas. É preciso visualizar um ambiente e relacionar o conteúdo necessário com os elementos desse local, que pode ser tanto conhecido, como a casa em que mora, quanto desconhecido, como um palácio imaginário.

Se você pretende decorar os estados do Brasil relacionando-os com a sua casa, o estado de São Paulo pode ser a televisão; Minas Gerais, o sofá; Mato Grosso, o tapete e assim por diante. Na hora em que essa informação for necessária, é só voltar ao lugar imaginário que será mais fácil se lembrar do que for preciso.

2. Inventar acrônimos, acrósticos ou encadeamentos

Acrônimos são palavras formadas por letras que representam outras palavras, como ONU (Organização das Nações Unidas), e podem ser utilizados para decorar nomes e informações úteis. Os acrósticos são uma composição escrita a partir das letras iniciais de uma palavra e também servem para lembrar sentenças e fórmulas.

Outra maneira é por meio do processo de encadeamento, que ajuda a lembrar elementos em uma ordem correta. Se você pretende decorar as palavras “menino”, “azul”, “carrinho” e “escada”, por exemplo, você pode criar uma frase como “o menino de boné azul derrubou seu carrinho pelas escadas”. A estrutura traz lógica para as palavras separadas, além de facilitar a fixação de determinada sequência.

3. Fazer conexões com lembranças e memórias

Um dos métodos mais eficientes para reter alguma informação nova é relacioná-la a alguma lembrança ou memória. Quanto mais conexões a criança fizer com os seus conhecimentos prévios, mais facilmente a novidade será fixada.

Tente ajudar para que esse método seja aplicado de maneira prática, por exemplo, entrelaçando informações sobre a ebulição da água com a hora de cozinhar os alimentos ou relacionando informações geográficas com os lugares que a criança já teve a oportunidade de conhecer.

4. Pedir para que seu(sua) filho(a) ensine o que aprendeu

Para que uma pessoa consiga ensinar de maneira adequada, ela precisa dominar o assunto. Uma boa técnica é pedir para que as crianças sejam os professores das matérias com os próprios pais.

Se elas conseguirem explicar de maneira fluida, provavelmente estarão aprendendo e fixando o conteúdo de forma mais eficiente, comparadas a quem apenas lê e estuda para si mesmo. Além disso, essa é uma técnica que requer a participação ativa da família, ajudando no relacionamento e estabelecendo conexões entre pais e filhos.

5. Gravar o conteúdo e escutar depois

Algumas pessoas têm a memória auditiva como um excelente aliado para os estudos. Então, é interessante pedir ao(a) seu(sua) filho(a) que faça gravações sobre o conteúdo que está estudando e aproveite para ouvi-las em outros momentos, como no caminho para escola ou em qualquer tempo livre.

Desse modo, ele(ela) estará se preparando duplamente: no começo, ao preparar o conteúdo que deve ser gravado e, depois, ao ouvir o que foi produzido.

6. Transformar as informações em música

É muito provável que você e seu(sua) filho(a) conheçam várias músicas do começo ao fim, sem errar uma vez sequer. Isso acontece porque a melodia ajuda a memorizar as palavras e informações.

Desse modo, a invenção de músicas ou paródias contribui para que os conteúdos sejam fixados de forma mais fácil. Então, ajude a criança a inventar canções que possam relembrar coisas importantes, como os planetas ou países.

7. Fazer associações absurdas

As pessoas costumam se recordar de coisas absurdas de maneira muito fácil, pois são tão fora da realidade que ficam memorizadas. Vale relacionar o conteúdo aprendido a situações engraçadas do cotidiano, utilizar jogos de palavras e trocadilhos, associar dados abstratos a ícones, cenas ou desenhos, entre outras estratégias. É preciso deixar a imaginação funcionar.

Essas são algumas das técnicas de memorização que podem ajudar seu(sua) filho(a) a conseguir melhores resultados em testes e provas. Cada criança consegue aprender melhor de acordo com suas habilidades, por isso é importante testar os diferentes métodos e descobrir qual é o mais eficiente para cada caso.

Gostou de aprender mais sobre técnicas de memorização? Então aproveite para ler o nosso artigo que fala sobre como se preparar melhor para o vestibular!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.